Siga nossas redes:

Resenha – Universos Afins

Publicado em 29 de março de 2017
- Sem classificação

Livro: Universos Afins | Autora: Raibow
Rowell | Lançamento: 2017 | Editora: Novo Século | Páginas: 94
Classificação do
Skoob:
4,5Onde comprar: Amazon / Saraiva
 *Livro do acervo pessoal
Não
sei se já falei alguma vez aqui, mas quando viro fã de uma autora, quando a escrita me cativa, compro até sua listinha de supermercado. Tenho uma lista
de top 10 melhores autores que compraria essa tal listinha, e a Rainbow Rowell é umas das que tem lugar
permanente no meu top 10.

Tenho
todos os livros da autora, pelo menos os que foram lançados no Brasil, e fico feliz
em poder dizer que nenhum deles me decepcionou. Meu favorito sem sombras de dúvidas
é Eleanor & Park, mas os outros
não ficam muito atrás.
A
Rainbow tem uma escrita maravilhosa,
as narrativas dos seus livros prendem do começo ao fim, nos cativando com o passar
das páginas, resultando em uma ligação forte entre leitor e personagens. Não
sei por que, mas suas histórias me dão a impressão que ela seria uma ótima
pessoa para sentar e passar horas conversando.  Queria ser amiga dela… tá, queria ser amiga
de um bocado de escritoras por aí. Vocês também têm alguma autora que gostariam
de bater um papo, passar uma tarde só de bobeira com ela? Me falem nos comentários,
sempre fico curiosa sobre essas coisas, rsrs.
Enfim,
em Universos
Afins
, um lançamento da Novo Século que foi totalmente inesperado – pelo menos para
mim – temos um conto dedicado a todos os nerds desse mundão, e a
todos os fãs de Star Wars! Pois é gente, não bastou para Rainbow escrever algo como Carry
On
(uma fanfiction baseada em Harry Potter!!). Ela também teve que escrever
um conto dedicado aos fãs de Star Wars e a todos os nerds.
Ela
escreveu para todas aquelas pessoas que vão para pré-estreias de filmes, que
compram ingressos com meses de antecipação, que amam passar horas na fila,
aquelas pessoas que curtem ir fantasiadas a lançamentos especiais, que são
colecionadoras das coisas mais absurdas. Para todos aqueles que adoram fazer
amigos na fila e conversar sobre o filme ou o livro que está prestes a ser
lançado… enfim, é um livro para todos que amam fazer tudo isso e muito mais. Mas
acima de tudo, ela escreveu esse livro para mim! rsrs

“(…)
Quando ficou mais velha, começou a realmente entender os filmes. Como se eles
passassem de algo que Elena podia recitar para algo que ela podia sentir. Tomou posse deles.”

Universos
Afins
, conta como Elena, que nunca teve a oportunidade de
assistir uma estreia de Star Wars no cinema, tem suas mais altas expectativas
para Star Wars Ep.VII e como esse evento tão importante para ela vai fazer
parte da sua vida eternamente. Ela mal pode esperar para fazer parte da fila quilométrica,
para tirar várias selfies com os novos amigos que vai fazer, além de poder usar
suas blusas favoritas de Star Wars e sair mostrando seus desenhos faciais do
mestre Yoda a todos que se interessarem.
Porém
existe um pequeno detalhe que vai pôr todos esses planos por água abaixo. Hoje
em dia infelizmente não existe mais filas, os assentos são numerados e você pode
na mesma hora que for comprar seu ingresso online escolher também um lugar perfeito.
Então, quando Elena se depara em uma fila de apenas três pessoas, a terceira sendo
ela mesma, quatro dias antes do lançamento do filme, nossa protagonista vai
fazer de tudo para que mesmo fazendo parte menor fila, todo o evento seja
épico! Porque Stars Wars merece, e ela também.

“Elena
vinha imaginando esse dia havia meses. Planejou por semanas.”

Se
trocássemos Star Wars por Harry Potter, poderia muito bem estar lendo sobre eu
mesma.  Apesar de adorar Star Wars, não
chega perto da adoração que tenho por Harry Potter. Lembro que no lançamento de
Harry Potter e as Relíquias da Morte tanto parte 1 quanto parte 2, o cinema da
minha cidade já trabalhava com esse sistema de escolher os assentos
antecipadamente, e apesar de ter comprado o ingresso meses antes e ter
escolhido o melhor lugar possível, cheguei várias horas antes do horário do
filme, e foi estranho não encontrar tanta gente quanto eu esperava que tivesse.
Pelo menos comparado com as estreias anteriores da saga. Nessas, eu saia da
escola correndo para chegar na hora do almoço no cinema apenas para assistir
uma seção às 21hs… bons tempos! Não vou mentir, era cansativo, mas
todo o cansaço valia a pena quando a hora do filme chegava cada vez mais perto,
eu podia sentir no ar aquela energia de dezenas de adolescentes antecipando o
que estava por vir. Era demais, pouca coisa na vida se compara a essa sensação
de antecipação, seja para conhecer um autor que você ama demais, ou ter um
livro que esperava há anos nas suas mãos, como para assistir à adaptação dos
seus livros favoritos.
Então
pessoal, o que eu tenho a dizer por último é o seguinte: se você ainda não leu
nenhum livro da Rainbow Rowell, leia!
Se você é dessas que adoram fazer nerdices e ama ainda mais Star Wars, corra para ler Universos
Afins
!

“Um
Jedi usa a Força para o conhecimento e a defesa, nunca para o ataque. (Yoda)”

Você também poderá gostar de

3 Comentários

  • Aichha Carolina Pereira

    Oi Gabi
    Não li nenhum livro da Rainbow ainda. Sobre ter uma autora que queria bater um papo com certeza seria a JK Rowling <3
    Muito legal esse livro ser dedicado as nerds e fãs de Star Wars. E sim se fosse de fãs de HP com certeza seria para mim também kkk
    Beijos

    30 de março de 2017 às 11:40 Responder
  • Ana Luisa Ricardo

    Compartilho da mesma opinião da moça acima, nunca li nenhum livro da Rainbow, mas me interessei por esse conto, até porque recentemente me tornei uma fã de Star Wars (fiz uma maratona dos filmes) <3 AH, e gostei do título do conto.

    30 de março de 2017 às 17:00 Responder
  • Girlene Viey

    Adorei essa capa!
    Tu ès fã mesmo da autora, possui todos os livro da autora, queria eu ter essa oportunidade. Mas então, o que podemos falar sobre Universo e Afins, logo de cara achei uma leitura gostosa de ler e acompanhar e desenvolvimento.
    Eu vou seguir sua dica de ler algum livro da Rainbow Rowell, quem sabe não viro fã também né

    31 de março de 2017 às 15:35 Responder
  • Deixe uma resposta