Siga nossas redes:

Resenha – Um estudo em vermelho

Publicado em 26 de maio de 2017
- Editoras, Harper Collins, Zahar

LIVRO ESPECIALMENTE INDICADO PARA  para quem gosta de narrativas sobre investigação e para quem curte contos. Leitura indicada para aqueles momentos em que queremos conhecer obras clássicas, dispondo de tempo para ler toda a coleção ou quando estamos em busca de contos mais rapidinhos, para aproveitar em momentos esporádicos.

Olá pessoal! Começamos hoje o projeto de leitura de Sherlock Holmes com a resenha de Um estudo em vermelho. Nesta primeira aventura vamos acompanhar como Sherlock Holmes e Dr. Watson se conheceram. Curiosos para saber mais sobre este encontro? Então vamos lá!

John Watson se formou em medicina na Universidade de Londres. Em seguida fez um curso para médico do exército e serviu durante a Segunda Guerra Afegã. Após ser ferido e ficar doente enquanto se recuperava foi mandando de volta para a Inglaterra para uma licença médica. Watson não tinha nenhum familiar e decidiu morar em Londres, mas acabou gastando quase todo o dinheiro que tinha se hospedando em hotel. Então chegou a conclusão de que precisava arrumar um lugar mais barato para morar.
Watson encontra Stamford, com quem havia trabalhado antes da guerra, e enquanto conversavam ele comenta que precisa encontrar um lugar em conta para morar. Stamford diz que ele é a segunda pessoa que fala com ele sobre isso naquele dia. Sherlock Holmes, que trabalha no laboratório de química do hospital está procurando alguém para dividir o aluguel de um apartamento. Os dois partem para que Watson conheça Sherlock.
Assim que se conhecem Watson fica boquiaberto com as deduções que Sherlock faz a seu respeito, Stamford explica que esta é a peculiaridade dele. Logo após as apresentações Sherlock começa um interrogatório. Eles combinam de visitar o apartamento no dia seguinte.

E você, que tem para confessar? É muito melhor que dois sujeitos fiquem conhecendo seus piores defeitos antes que comecem a morar juntos.

O apartamento na Baker Street 221B é aprovado e eles logo se mudam. Watson fica cada vez mais curioso pelo modo como Sherlock age, sua aparência e personalidade. Mesmo não sendo um estudante de medicina ele possui um conhecimento vasto e minucioso. Mas em outras áreas como literatura, filosofia e política parecia não conhecer praticamente nada. Mas Sherlock tem um motivo para isso e logo deixou claro para Watson.
Watson observa que Sherlock recebia pessoas do mais variado tipo, que dizia serem seus clientes. Um tempo depois Sherlock lhe diz que trabalha como detetive consultor, atuando em casos que outros detetives ou até mesmo a polícia não conseguiram solucionar. Seus conhecimentos de observação e dedução é seu grande trunfo para solucionar os casos sem que precise sair de casa na maioria das vezes.
Então Sherlock recebe uma mensagem de Tobias Gregson da Scotland Yard pedindo ajuda em um caso. Um homem foi encontrado morto em uma casa abandonada sem nenhum sinal de roubo. Para surpresa de Watson, Sherlock o convida para acompanhá-lo. Depois de investigar o local do crime Sherlock faz um relatório com tudo o que descobriu e Watson ficou com ainda mais dúvidas depois de ouvir as observações de Sherlock.

Vou pegá-lo, doutor… aposto dois contra um como o agarro. Fico-lhe muito grato por tudo. Só fui a Lauriston Gardens por sua causa, e se não tivesse ido, teria perdido o estudo mais interessante que já encontrei: um estudo em vermelho, hein? Temos o fio vermelho do crime enredando-se na meada descolorida da vida, e nossa obrigação é desentrenhá-lo, expondo-o em toda a sua extensão.

Quem será o assassino, qual a motivação? Essas são perguntas que Sherlock Holmes, com a ajuda de seu novo e talvez único amigo Watson, vai buscar responder ao longo de Um estudo em vermelho.
 Esse foi meu primeiro contato com o texto de Arthur Conan Doyle, só conhecia Sherlock Holmes pelos filmes e série. Os livros são narrados à partir  das memórias de Watson e contam os casos que eles investigaram juntos. Nosso protagonista é um personagem muito bem construído, com altas doses de sarcasmo e respostas inteligentes.
Confesso que assim como Watson não consegui acompanhar o raciocínio de Sherlock durante a investigação, pelo jeito também não tenho a mente analítica rs. Mas isso não é novidade, não me lembro de ter acertado quem era o assassino em nenhum livro que já tenha lido 😀
Marquei vários trechos com pensamentos de Sherlock e confesso que muitos me fizeram refletir. Esta é uma das características que sempre valorizo nos livros. Adorei a analogia que ele fez entre o cérebro e um sótão vazio, faz todo sentido não é verdade?
Recomendo também a leitura da edição de bolso da Editora Zahar. Ela tem um ótimo texto de apresentação e também é ilustrada. E a ótima notícia é que ela está disponível no Kindle Unlimited, assim quem assina o serviço não tem desculpa para não ler 😉 Não se esqueçam que nosso próximo encontro do projeto de leitura do Sherlock Holmes é no dia 12 de junho com a resenha de O sinal dos quatro (romance).

Livro: Um estudo em vermelho (Obra completa Sherlock Homes)
Autor: Arthur Conan Doyle
Lançamento: 2015
Editora: HarperCollins
Páginas: 1814
Sinopse: Em 1887, o escritor escocês Arthur Conan Doyle criou Sherlock Holmes, o infalível detetive a quem os agentes da Scotland Yard recorriam para solucionar os mistérios mais intrigantes da Inglaterra vitoriana. Desde então, as aventuras do mestre da investigação atraem leitores ávidos por chegar à última página e ver o enigma desvendado. Essa obra completa reúne os quatro romances e os 56 contos sobre as aventuras do detetive mais famoso do mundo e de seu fiel companheiro, o Dr. Watson. Para desvendar mistérios, o faro e a astúcia de Sherlock Holmes levam às fontes menos óbvias, às informações mais precisas. Um modelo que influencia até hoje a literatura policial e revela fôlego para impressionar gerações de leitores através dos tempos.

Livro: Um estudo em vermelho
Autor: Arthur Conan Doyle
Lançamento: 2013
Editora: Zahar
Páginas: 192
Sinopse: Publicado originalmente em 1887, Um estudo em vermelho chegou a ser considerado uma espécie de “livro do Gênesis” para os casos de Sherlock Holmes, pois marca não só a primeira aparição pública do detetive mais popular da literatura universal como o primeiro encontro entre Holmes e Watson. Ao buscar conhecer melhor seu novo amigo, em pouco tempo Watson vê-se envolvido numa história sinistra de vingança e assassinato… Essa Edição Bolso de Luxo traz texto integral e cerca de 30 ilustrações originais.

Você também poderá gostar de

19 Comentários

  • Lili Aragão

    Oi Thaís, ainda não tive nenhum contato com o autor e assim como você antes de ler o único contato que tive com Holmes e Watson vem de filmes e série e gostei muito do resumo inicial contando um pouco sobre como teve inicio essa relação entre eles. Gostei de saber que existem vários trechos que levam a reflexão, pois isso também é importante pra mim durante a leitura. Curti a resenha e tô gostando de acompanhar o resultado do projeto que você tá participando 😉

    26 de maio de 2017 às 14:40 Responder
    • Thaís Bueno

      Lili fico muito feliz que você está gostando. Não perca os próximos posts.

      Beijos,

      30 de maio de 2017 às 00:59 Responder
  • Isabela Carvalho

    Oi Thaís 😉
    Adorei saber mais sobre o John e o Holmes.
    Quando você disse que ia começar esse projeto me interessei demais em ler!
    Vou ver se compro o box e começo agora nas férias 😉
    Bjos

    26 de maio de 2017 às 15:47 Responder
    • Thaís Bueno

      Isabela que bom que você se interessou pelo projeto. Caso não consiga comprar o box saiba que vários e-books da Editora Zahar de Sherlock Holmes estão disponíveis no Kindle Unlimited e a maioria das edições são ilustradas.

      Beijos,

      30 de maio de 2017 às 01:01 Responder
  • Abstraindo Ideias

    Só falta dois livros do Sherlock para eu ter lido todos e foi uma boa experiência! O Estudo em Vermelho é um ótimo primeiro livro, mas o melhor doSir Arthur Conan Doyle é em As Memórias de Sherlock Holmes e O Cão de Baskerville! Boa leitura! E parabéns pela resenha 🙂

    blogabstraindoideias.blogspot.com.br

    26 de maio de 2017 às 16:43 Responder
    • Thaís Bueno

      Obrigada, fico muito feliz que alguém que curte e já leu os livros do Sherlock tenha gostado da minha resenha. Estou muito ansiosa para ler esses livros que você comentou.

      Beijos,

      30 de maio de 2017 às 01:03 Responder
  • Cristiane Dornelas

    Sou meio pirada nesse box e ele tá na minha lista de desejados.
    Conheço a história mais pela série que acompanho do que por filmes ou livros. Parece que a série conseguiu ser bastante fiel pois reconheci muito da história na resenha, lembrei do que vi.
    Mas a vontade de ler…ahh, a vontade de conhecer essa escrita do autor e ver como o personagem surgiu e se tornou um dos mais icônicos da literaturara. Parece tão legal! Adoro quando deixam umas reflexões também e se no livro tem isso acho que iria ficar marcando coisa a rodo e a torto!
    Uma hora ainda leio esses benditos. Aquela edição da Zahar também é uma que quase comprei, mas acabei esperando demais e até agora só fico na vontade xD

    26 de maio de 2017 às 17:54 Responder
    • Thaís Bueno

      Cristiane o box da HarperCollins é realmente lindo assim como as edições da Editora Zahar. Não sei se você gosta de ler em e-book, mas vários e-books da Zahar do Sherlock estão disponíveis no Kindle Unlimited, fica a dica.

      Beijos,

      30 de maio de 2017 às 01:06 Responder
  • Aichha Carolina Pereira

    Oi Thais,
    Esse box é um luxo, não imaginava que este primeiro volume contava como Watson e Sherlock se conheceram. Adoro acompanhar investigações e amo ser surpreendida com a descoberta.
    Beijos

    26 de maio de 2017 às 18:04 Responder
    • Thaís Bueno

      Aichha se você gosta de acompanhar investigações vai amar os livros do Sherlock. Não deixe de ler.

      Beijos,

      30 de maio de 2017 às 01:07 Responder
  • Herica Lima

    Eu desejo muito esse livro. Ainda não li nada do autor, mas quero muito!
    Esses livros são tão lindos e gosto muito do Sherlock!
    Estou só juntando dinheiro para compra-lo!

    27 de maio de 2017 às 20:20 Responder
    • Thaís Bueno

      Herica, como eu já disse para Cristiane o box da HarperCollins é realmente lindo mas vários e-books da Zahar do Sherlock estão disponíveis no Kindle Unlimited então dá pra ir lendo enquanto você não compra o box.

      Beijos,

      30 de maio de 2017 às 01:08 Responder
  • Caroline Garcia

    Que bom que você teve um bom inicio com esse projeto, com uma leitura boa né?
    Dá mais vontade de continuar rs
    Fiquei super curiosa pra conhecer mais sobre como o Sherlock Holmes e o Dr. Watson se conheceram e sobre o desfecho da investigação.
    Parece ser uma leitura bem envolvente e a história muito bem construída.
    Beijos,
    Caroline Garcia

    28 de maio de 2017 às 03:18 Responder
    • Thaís Bueno

      Caroline a leitura é muito envolvente, todos deveriam ler.

      Beijos,

      30 de maio de 2017 às 01:09 Responder
  • Lana Silva

    Conheço essa obra, e o Sherlock apenas pela leitura de resenhas dos livros, pois nunca vi aos filmes, e nem as séries, por realmente se tratar de uma premissa que não me cativo. Fiquei feliz em saber que a trama possui muito sacarmo, e diálogos inteligentes que nos faz refletir. E uma pena que você não tenha conseguido descobrir o assassino, quem sabe até termina a leitura você não acabe se surpreendendo.

    29 de maio de 2017 às 10:42 Responder
    • Thaís Bueno

      Lana verdade, quem sabe até o final do projeto eu não consigo acertar algum assassino né! Ainda existe esperança rsrsrs.

      Beijos,

      30 de maio de 2017 às 01:10 Responder
  • suzana cariri

    Oi!
    Esse também foi meu primeiro contato com os livros de Sherlock Holmes, li esse livro a algum tempo e fiquei fascinada pelo Sherlock Holmes e suas deduções, logo no começo entendi o porque das pessoas falarem tanto desse detetive e sua genialidade, adorei essa historia, mas também acabei me perdendo um pouco nas deduções de Sherlock, ele entrou na minha lista de leitura e estou com alguns livros dele para ler !!

    31 de maio de 2017 às 14:05 Responder
  • Leituras da Ketellyn

    Conheço Sherlock apenas atraves dos filmes, nunca li nenhum dos livros, mas quero verse compro, esse dias estavam em promoção nas lojas americanas mas eu estava sem dinheiro,mas assim que receber vou comprar.

    31 de maio de 2017 às 20:03 Responder
  • Mariana Paiva

    Que bom que o projeto está indo pra frente. Tenho certeza que se eu fosse ler iria ficar que nem você e o Watson não conseguindo acompanhar o raciocínio do Sherlock. Não tenho uma boa mente analítica. Não vou ler por enquanto esses livros, mas quem sabe um dia.

    1 de junho de 2017 às 01:58 Responder
  • Deixe uma resposta