Siga nossas redes:

Resenha – Os mistérios de Sir Richard (Quarteto Smythe-Smith 4)

Publicado em 12 de maio de 2017
- Arqueiro, Editoras, Resenhas, Romance de Época

LIVRO ESPECIALMENTE INDICADO PARA quem já acompanha as aventuras do Quarteto Smythe-Smith, para quem gosta de romance de época e para quem é fã da Julia Quinn. Ideal para ler em momentos que buscamos  uma história leve, fofa e sem grandes dramas.

Os Mistérios de Sir Richard é o quarto livro da série Quarteto Smythe-Smith, e veio para fechar com chave de ouro. É uma mistura linda de amor, perdão e boas risadas! Julia Quinn inovou e com certeza conquistou a todos que se entregaram a essas quatro histórias da série.

Iris Smythe-Smith, é a irmã mais quieta de todo o quarteto. Calada, muito reservada, porém observadora. Nos recitais é quem toca violoncelo, e por sinal sabe manuseá-lo com uma certa habilidade…  Não podemos falar o mesmo das outras irmãs tocando instrumentos, não é mesmo?

Uma vez, o pai tinha dito que ela era uma estrategista nata, sempre dois passos à frente, e talvez por isso Iris sempre valorizava a escolha do momento certo para se pronunciar.

Engraçado que quando eu estava comentando sobre o livro com a Gabi, ela teve a impressão que a Iris era uma das personagens mais sarcásticas e quietas do quarteto. Para mim a  impressão que ficou ao terminar o livro é que ela se tornou minha mocinha predileta da série.
Uma das características mais marcantes de Iris, de fato, é seu comportamento mais fechado. Mas não se deixem enganar, dentro desta mulher há uma força incrível e uma característica que admiro bastante, o auto controle! A sabedoria em pensar antes de agir, o que muitas vezes pode ser difícil para alguns de nós. Mas Iris sabe mostrar no decorrer da história o quanto ter esse controle de si mesma é importante.

 Porém, as coisas mudam um pouco quando Sir Richard chega  em Londres, causando um “alvoroço”  na sociedade e na vida de Iris. De início eu não conseguia entender quais eram suas intenções, qual o grande segredo que Richard carrega… Isso nos faz ficar com uma pulga atrás de orelha. A necessidade de encontrar uma noiva, no início me deixou feliz e aflita ao mesmo tempo, pois quando a sua atenção se direciona para Iris, sabia que a moça poderia sair de algum modo ferida.Mesmo estando com um pé atrás, Iris não consegue resistir às investidas de Richard. Muitas vezes sua razão gritava para ela pensar antes de se jogar e se entregar aos encantos, mas ela acaba cedendo cada vez mais… Claro que o charme do tal senhor também ajuda na causa.

Ela encara com uma intensidade desconcertante. Seus olhos eram escuros, quase negros, e pela primeira vez na vida ela entendeu o que significava poder se afogar nos olhos de outra pessoa.

No início não consegui identificar que tipo de personagem era o Sr.Richard.  Todo o comportamento dele é focado em conquistar Iris, que vai se deixando ser cativada pela atenção que ele direciona à ela. Sempre passando despercebida pelas suas características físicas, que geralmente não chama a atenção de ninguém, mas aos olhos Richard, que vê o que todos não veem, ele só encontra perfeição em Iris.
No decorrer da história meu apreço pelo homem foi aumentando aos poucos, apesar da minha desconfiança. Não posso afirmar que ele se tornou um dos meus personagens favoritos na série. Acho que as atitudes dele, para que pudesse alcançar o seu objetivo final… Não justifica o que acontece com Iris. Apesar de entender totalmente ele e a sua situação, os meios para mim, não justificaram os fins.
Com tudo que enfrentaram, Iris com certeza jamais será a mesma. Com as situações que ela teve que passar, ela amadurece, torna-se mais forte e acima de tudo, mantém a sua essência. Isso é o mais bonito de ver, pois apesar de tudo ela mantém aquilo que tem de mais puro dentro de si: o amor.
Outra personagem que aparece na história desse casal e que está também presente em nas outras histórias da série, é a Frances! Quando fala-se o nome dessa pequena a primeira coisa que me vem à mente é: unicórnio! A criança me rendeu boas risadas nos momentos em que aparece no livro. Julia Quinn com toda certeza, inovou! Trazendo uma pitada de diversão e a pureza que há na imaginação da nossa querida Frances.
Os Mistérios de Sir Richard foi um livro que demorei para iniciar a leitura… Mas acho que a demora compensou na surpresa que tive com a história. Um mistério, uma solução através de um casamento às pressas, um coração machucado, o nascer de um amor e um pouco de humor!  Um livro com uma leitura envolvente, onde tive a oportunidade de conhecer a Iris, quieta porém intensa e Richard, misterioso porém extremamente dedicado àqueles que ama.

 Livro: Os mistérios de Sir Richard
Autora: Julia Quinn
Lançamento: 2017
Editora: Arqueiro
Páginas: 272
Sinopse: Sir Richard Kenworthy tem menos de um mês para encontrar uma esposa. Ele sabe que não pode ser muito exigente, mas quando vê Iris Smythe-Smith se escondendo atrás de seu violoncelo no musical anual das Smythe-Smith, Richard acha que conheceu alguém muito valiosa. Ela é o tipo de mulher que passa despercebida até a realização de um segundo ou terceiro olhar de outra forma. Mas há algo nela abaixo da superfície, algo quente e ele sabe que ela é única. Iris Smythe-Smith…Ela está acostumada a ser subestimada, com seu cabelo claro e tranquila, mas há uma personalidade astuta que ela tende a esconder, e ela gosta dessa forma. Então, quando Richard Kenworthy se aproxima com galanteios e flertes, parece suspeito.
Dando a impressão de um homem que se rende ao amor, mas ela. não pode acreditar que tudo é verdade. Quando sua proposta de casamento se torna uma situação comprometedora obrigatória, você não pode deixar de pensar que há algo escondido por trás disso. . . mesmo que o seu coração diz sim

Você também poderá gostar de

15 Comentários

  • Lana Silva

    E tão bom quando lemos um livro e nos surpreendemos com uma estória tão cativante e envolvente quanto essa. Até o presente momento não li nenhum livro da autora, porém tenho muito interesse, principalmente esse quarteto maravilhoso. Da para ver que personagem masculino e super apaixonado pela personagem principal e vai fazer de tudo para que eles fiquem juntos.

    12 de maio de 2017 às 11:13 Responder
  • Lili Aragão

    Oi Isabelle, esse pra mim é o mais polêmico dos livros das Smythe-Smith, mas gostei muito dessa história. Iris é uma mocinha mais realista das protagonistas e é difícil não se conectar com ela ou ficar cheia de desconfianças com Richard, mas a história evolui e eu como leitora fui gostando dele, tanto que mesmo quando o segredo foi revelado não consegui desgostar dele mesmo o segredo trazendo decepção. O livro é cheio de emoções e fechou bem a série, que é linda e vale a pena. Gostei da resenha, do livro, da série, e dessa capa (a mais bonita das quatro;)).

    12 de maio de 2017 às 12:07 Responder
  • Cristiane Dornelas

    Parece que a história consegue fechar bem a série. Gosto da ideia do personagem masculino ir conquistando aos poucos, mesmo que deixe essa desconfiança no começo e tudo mais. E a mocinha parece que é fácil de gostar logo de cara. A trama segue leve e divertida pelo visto, com uma pitadinha de mistério e aquela escrita tão gostosa da autora que nos envolve fácil fácil. Espero que valha a pena mesmo porque estou louca pra ler esse livro ^^
    A série toda está parecendo uma delícia de acompanhar.

    12 de maio de 2017 às 19:22 Responder
  • Herica Lima

    Que foto mais linda gente! Estou super ansiosa para meus livros chegarem!
    Só a resenha por cima, pq não quero pegar spoiller!
    Amo a Julia Quinn e quero ler todos os livros dela!
    Beijosss

    12 de maio de 2017 às 23:38 Responder
    • Isabelle Ribeiro

      Oi Herica! Tudo bem?
      Tenho certeza que você vai amar a série!
      Depois me conta o que achou viu?
      Beijo!

      15 de maio de 2017 às 14:10 Responder
  • Caroline Garcia

    Bom saber que a série teve um desfecho bacana!
    Estou pra lá de curiosa pra ler esses livros, AMEI a série Os Bridgertons e essa mais nova série da Julia já está na minha listinha de desejados.
    Parece ser uma leitura super envolvente, apaixonante, com direito a vários sentimentos bons e positivos.
    Tenho o primeiro livro, mas quero completar a coleção para aí sim começar a ler.
    Fiquei ainda mais animada depois de ler sua resenha <3
    Beijos,
    Caroline Garcia

    13 de maio de 2017 às 00:09 Responder
  • Priscila Tavares

    Oi Isabelle!
    Ando cobiçando essa série, confesso. Mas para ser bem sincera, tudo que é da Julia Quinn eu quero ler. Essa mulher sabe contar uma boa história né.
    Não lia resenha com medo de ler o que aconteceu com os outros personagens, que querendo ou não, devem aparecer na história.
    Beijokas
    Quanto Mais Livros Melhor

    14 de maio de 2017 às 03:23 Responder
    • Isabelle Ribeiro

      Ela sabe como cativar as leitoras de um jeitinho único! Leia e você vai amar Pri!
      Beijo grande!

      15 de maio de 2017 às 14:09 Responder
  • Mariana Paiva

    Sei que é inacreditável, mas ainda não li nada da Julia Quinn. Adoro romance,
    mas ainda não me aventurei em romance de época. Na época do lançamento estava num clube do livro aqui da minha cidade e falaram um pouco dos quatro livros e a maioria dos comentários eram negativos sobre o último. E achei muito legal ler aqui na sua resenha o quanto você gostou, o que só demonstra mais ainda que tudo é uma questão de gosto, tudo é muito pessoal. Também sou igual a você e fico com "pulgas atrás da orelha" esperando que o mocinho não decepcione e machuque o coração da personagem que já estou tão apegada. A série parece ser ótima. E adorei saber que tem um toque de humor. E não poderia deixar de dizer o quanto as capas estão lindas. Essa nesse tom mais clarinho está apaixonante.

    14 de maio de 2017 às 18:46 Responder
    • Isabelle Ribeiro

      Oi Mari! Tudo bem com você?
      Então, os romances de época é algo que eu sempre cultivei um amor grande! Os quatros livros dessa série, trouxe um diferencial por conta dessa "pitada" de humor. As capas estão lindas mesmo, mas o que torna tudo mais fofo é o material que vem no box, marcadores, folders… Leia! Tenho certeza que você irá amar.

      15 de maio de 2017 às 14:08 Responder
  • Isabela Carvalho

    Amo taaaanto a Julia, que leria qualquer coisa dela!
    Os Bridgertons são meus personagens favoritos, e já comprei o box com os 4 livros do Quarteto Smythe-Smith… estou só esperando chegar para começar a ler 😉
    E que capa linda *-* Amo o cuidado que a Ed. Arqueiro tem em colocar capas lindas e que combinam com a história!

    14 de maio de 2017 às 19:52 Responder
    • Isabelle Ribeiro

      Oi Isabela! Então compartilhamos esse amor pelas obras da Julia! Você vai amar o box, cada detalha faz com que a gente fique mais apaixonada ainda!
      Beijo!

      15 de maio de 2017 às 14:04 Responder
  • Aichha Carolina Pereira

    Oi Isabelle,
    Adoro as mocinhas sarcásticas, para mim esse é o humor mais divertido que existe kkkk
    Que bom que esse livro foi o favorito, me parece o tipo que vamos nos apegando conforme as páginas são lidas.
    beijos

    19 de maio de 2017 às 17:23 Responder
  • Leituras da Ketellyn

    Oi, sempre vejo falarem muito bem sobre a escrita da autora, infelizmente ainda não li nenhum, mas ja tenho esse e os outros dela, comprei na semana passada, masainda não tive a oportunidade de ler. Adoro as capas dos livros dela.

    20 de maio de 2017 às 01:08 Responder
  • suzana cariri

    Oi!
    Quero muito ler essa serie, ainda estou terminando de ler a outra serie da Julia Quinn, mas assim que terminar quero muito ler essa serie, a Iris logo na resenha me conquistou ela parece o tipo de personagem que quando lemos sobre elas encontramos muito mais do que imaginávamos e fiquei bem curiosa sobre esse mistério envolvendo o Richard !!

    31 de maio de 2017 às 14:43 Responder
  • Deixe uma resposta