Siga nossas redes:

Resenha – A matéria dos sonhos

Publicado em 17 de outubro de 2016
- E-book, Jaguatirica, Nacional, Resenhas, Romance

LIVRO ESPECIALMENTE INDICADO PARA quem gosta de obras que oferecem um passeio pela jornada existencial e de auto descoberta dos personagens. Ideal para quem aprecia narrativas mais descritivas, capazes de transportar o leitor para os lugares mencionados permitindo que o calor do sol e cheiro da brisa possa ser sentido aqui do outro lado do livro. Ideal para ler sem pressa, naqueles momentos em que buscamos algo suave e poético, quando estamos com tempo para saborear as palavras e os sentimentos que elas despertam.

Quando li a sinopse de A matéria dos sonhos imaginei que seria um romance leve. Pensei que seria um livro que abordaria a decepção amorosa de uma jovem e a forma como ela seria capaz de encontrar um novo amor e sair da depressão. Talvez eu tenha encontrado algo semelhante no livro, mas me surpreendi como esse ‘romance’ de fato aconteceu.

A obra conta a história de Mariana, uma jovem mulher nascida em berço de ouro, que tem tudo muito bem planejado na sua vida: tornar-se uma advogada de sucesso na empresa da família, casar-se com o noivo rico e um dos melhores partidos do Rio de Janeiro, talvez ter um ou dois filhos, uma ótima casa e, com algum esforço do marido, alguns orgasmos ao longo da vida.

Acontece que, embora muito apaixonada e às vésperas do casamento, o noivado é rompido e a protagonista entra em depressão. Isso porque, durante o tempo em que se envolveu com Gustavo, acabou perdendo um pouco da própria identidade. Passou por cima das suas vontades e desejos, afastou-se dos amigos, aceitou ser tratada com menos carinho, respeito e atenção do que sabia merecer. O término do relacionamento num primeiro momento retirou um pouco do sentido da vida de Mariana. Mas em seguida se tornou o pretexto ideal para partir em uma viagem pela Chapada Diamantina, na Bahia.

É a partir deste momento que a jornada começa, para a protagonista e também para o leitor. A autora descreve com maestria os detalhes ricos da região. São tantos cenários paradisíacos repletos de cachoeiras, montanhas, grutas, tudo muito cuidado e amado por um povo acolhedor, envolvente, que oferecia o máximo possível mesmo na sua simplicidade… Impossível não se apegar à terra que Valéria Martins descreve. Eu senti vontade de adentrar nas cavernas que escondem lagos luminosos. Senti vontade de andar descalça apreciando a paisagem, com os grãos de areia e pedrinhas tocando minha pele. Senti vontade de ser acolhida pelo sotaque e iguarias baianas. Senti vontade de viver a jornada de Mariana junto com ela.

É lindo de se ver, o desenvolvimento da personagem. A menina vai se transformando em mulher com o passar das páginas. Permite-se valorizar coisas que o dinheiro não compra. Permite-se tomar decisões levando em consideração não a opinião alheia, mas o que seu corpo e coração desejam. Ela cresce como pessoa, desabrocha como mulher. Livre e dona de si, é aí que o tal romance chega e surpreende. Isso porque, embora a protagonista se permita envolver com um outro homem e aproveitar toda a sensualidade e sexualidade dessa relação, o grande romance é com ela mesma.

-Acho que o sonho já nasce com a gente, mas temos que escutá-lo, reconhecê-lo, valorizá-lo e acreditar nele. Se não acreditarmos, ninguém mais vai acreditar. Nós somos a matéria dos sonhos. Nós lhe damos vida, corpo e alma.

Mariana vai aos poucos ressignificando sua vida. Apreendendo o que faz sentido, o que merece ficar no agora e o que precisa permanecer no passado. Ela amadurece e esse amadurecimento é o ponto principal desse livro. Essa é uma obra que fala sobre a jornada de uma mulher em busca do sentimento mais poderoso que existe: o amor próprio.

A autora tem uma escrita clara, coesa, poética. É capaz de falar detalhadamente sobre características de lugares e pessoas e faz isso com canta sutileza e paixão que envolve o leitor, cativa. Prende nossa atenção até que a gente finalize a leitura sentindo o coração leve e aquele sorriso nos lábios. O único ponto que não me agradou muito foi a velocidade final do livro, pois senti que tudo aconteceu deveras muito rápido. Fora isso, A matéria dos sonhos foi uma agradável surpresa, que recomendo para todos aqueles leitores que têm apreço por jornadas existenciais, e para aqueles que sabem desfrutar de cenários literários (e reais) magníficos.

Para saber mais sobre a autora, acesse:


Livro: A Matéria dos Sonhos
Autora: Valéria Martins
Lançamento: 2015
Editora: Jaguatirica
Páginas: 290
Sinopse: Sinopse: Jovem rica e mimada, Mariana sofre uma imensa decepção amorosa às vésperas do casamento e cai em depressão. Seu irmão aventureiro a incentiva a empreender uma viagem a Chapada Diamantina, na Bahia, a fim de espairecer e encontrar um novo rumo. Lá ela se depara com paisagens belíssimas, conhece um modo de vida bem diferente do que estava acostumava, envolve-se com o guia turístico Alex e desfruta a verdadeira amizade com Claudia, menina maluquinha a quem o destino a uniu para sempre. A matéria dos sonhos é um romance sobre busca, amor, amizade e encontro.

Você também poderá gostar de

19 Comentários

  • Daniele Vieira

    Olá
    Não gosto muito de livros do gênero, na maioria das vezes costumo me irritar com o 'não ser tratada com a devida atenção' e também com a 'depreção pós fora', mas esse livro tem uma coisa que me enche os olhos: as descrições da Chapada, acho que conseguiria viajar por lá, só lendo o livro *_*

    17 de outubro de 2016 às 14:46 Responder
    • Krisna Carvalho

      Dani, tudo bem?

      Foi exatamente o que aconteceu comigo… Senti como se estivesse no lugar, e a depois de ler tanta coisa boa, tô morrendo de vontade de fazer uma viagem pela Chapada!

      Obrigada pelo comentário.

      beijo

      17 de outubro de 2016 às 16:51 Responder
  • Três Livrólatras

    Oi, tudo bom?

    Eu amei a temática do livro, mas o que me deixou meio desanimada é que ele é em formato digital. Não consigo gostar de livros assim, preciso senti-los kkkk.

    Beijos:* (to seguindo, segue de volta para dar uma ajudunha?)
    treslivrolatras.blogspot.com

    17 de outubro de 2016 às 16:38 Responder
    • Krisna Carvalho

      Olá, meninas!

      Já sigo o blog de vocês! Grande beijo e obrigada pela visita :*

      17 de outubro de 2016 às 16:53 Responder
  • Beatriz Andrade

    Eu conheço o trabalho da Valéria, eu li o livro Uma Pausa no Tempo e me encantei com a escrita da autora. Quero muito ler esse livro mas como só tem no formato digital, para mim fica muito difícil realizar a leitura. A obra parece ser maravilhosa e eu tenho certeza de que vou gostar, não vejo a hora de comprar meu kindle, isso vai facilitar muito a minha vida!

    18 de outubro de 2016 às 02:56 Responder
  • Raíssa - Livros Românticos

    Não sei se a ideia dela achar um novo amor que a ajude a sair da depressão uma ideia muito boa para lidar com os problemas da vida. Apesar da sua resenha ótima, o enredo não me chamou muita atenção, principalmente ao ler poética e coisas detalhadamente descritas… isso automaticamente acendeu um alerta na minha cabeça de que possa ser cansativo. Enfim, não sou o público da autora (mesmo que ame romances, mas gosto de coisas mais intensamente insanas), mas desejo que ela alcance muitas pessoas que curtam a leitura dela e q faça bastante sucesso.

    Raíssa Nantes

    18 de outubro de 2016 às 10:44 Responder
  • Lilian Huzyk

    Achei essa premissa incrível, é realmente interessante vermos o personagem crescer e mudar! Sua resenha ficou incrível, adorei sua forma de escrever!

    18 de outubro de 2016 às 13:03 Responder
  • Michele Lopez

    Olá,
    Já li a obra e também me surpreendi com o que encontrei.
    Primeiro por Mariana fugir um pouco dos padrões físicos que normalmente encontramos.
    Outra coisa que me cativou muito com a leitura é as descrições do ambiente. Simplesmente é magnífica a forma como a autora descreve as lagoas e me deu uma imensa vontade de viajar para a Chapada Diamantina.

    http://leitoradescontrolada.blogspot.com.br/

    18 de outubro de 2016 às 18:58 Responder
  • Helyssa Santos

    Oi, adorei a ideia de poder curtir a paisagem da Chapada Diamantina com tantos dealhes e ver um pouco da culinária. Uma frase na sua resenha me fez ficar interessada: o grande romance é com ela mesma. Vou ver se o vejo pela amazon e quem sabe ele não entre na minha biblioteca 😀

    18 de outubro de 2016 às 22:59 Responder
  • Vitor

    Oi!
    Mesmo por ser um livro que não me chama atenção, fiquei bem curioso em ler a descrição da autora do lugar. "Criar" o ambiente é essencial e deixa tudo mais claro e "real"!
    Ótima resenha! Abraço!

    19 de outubro de 2016 às 12:15 Responder
  • Ana Luz

    Olá, tudo bem?

    É tão bom quando uma leitura nos conquista assim, ficou nítido na sua resenha o quanto o livro te encantou. É sensacional quando o autor/a consegue nos transportar para história ao ponto de desejarmos conhecer um lugar. Achei interessante você dizer que o romance é da personagem para com ela mesma, ainda não vi isso e me parece uma proposta incrível. Anotando a dica!

    Beijo!

    19 de outubro de 2016 às 14:49 Responder
  • Bianca Santana

    Bem bacana, gostei muito da sua resenha. Também amei a capa! E eu nem conhecia a autora.
    É bom quando a história nos surpreende, quebrando totalmente aquela ideia que a gente tem ainda no começo.
    Abraço
    http://www.viciadosemleitura.blog.br

    19 de outubro de 2016 às 17:28 Responder
  • Diane

    Olá…
    Como sou uma verdadeira fã desse gênero, tenho certeza que essa leitura irá me agradar muito. A premissa me encantou logo de cara também! Essas descrições do cenário também me soou muito legal 😉
    Dica anotada!
    Beijos

    19 de outubro de 2016 às 20:42 Responder
  • Livros Encantos

    Ola lindona amei essa premissa e os temas abordados, vemos muitas mulheres se anulando em prol de seus companheiros, esquecendo de viver sua própria vida, e pelo visto nossa protagonista irá se redescobrir como pessoa e aprender a dar valor as pequenas coisas e momentos. Dica mais que anotada. beijos

    Joyce
    http://www.livrosencantos.com

    21 de outubro de 2016 às 12:13 Responder
  • Livros & Tal

    Olá…
    Não conhecia esse livro e nem a autora. A sua resenha me conquistou bastante… adoro esse tipo de romance, assim como amo livros que nos surpreendem e nos preendem.

    beijos
    Mayara
    Livros & Tal

    21 de outubro de 2016 às 20:44 Responder
  • Vitoria Abdalla

    Olá,
    Estou encantada com a história e fiquei com muita vontade de conhecer mais a respeito de Mariana.
    O livro só tem em formato digital? Eu não consigo ler assim, infelizmente.

    Beijos,
    Vitória Abdalla
    Escritora por um Acaso

    22 de outubro de 2016 às 01:42 Responder
  • Catharina M.

    Oie
    muito legal sua resenha e gostei da história, parece ser uma leitura muito boa, adoro coisas de sonhos hehe dica anotada

    Beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    25 de outubro de 2016 às 18:16 Responder
  • Valéria Martins

    Querida Krisna, que resenha maravilhosa! Bem escrita e sensível! Você captou exatamente a essência do livro. Muito obrigada! Obrigada a todos, também, que comentaram aqui. Se apenas um de vocês comprar o livro, será mais uma semente no meu largo campo de girassóis. Beijos, muito obrigada

    1 de novembro de 2016 às 18:19 Responder
  • Rafael Botter

    Espetacular resenha, não sou de ler ebook, mas pelo seu entusiamos fiquei encantado por essa obra que vou abrir uma pausa nos livros para apreciar esse que você indicou, já vou marcar na lista dos desejados.

    7 de novembro de 2016 às 14:37 Responder
  • Deixe uma resposta