Siga nossas redes:

Resenha – Depois daquela montanha

Publicado em 7 de novembro de 2016
- Sem classificação

Vamos falar sobre um lançamento publicado pela Editora Arqueiro? Depois daquela montanha é um romance cheio de aventura e tensão. É o tipo de livro que prende e inquieta o leitor de tal maneira que a gente não se sente preparado para o final quando ele chega.

 A obra conta a história de Ben e Ashley. Dois desconhecidos que se encontram no aeroporto e que precisam muito voltar para casa: ele para a esposa e filhos, e para a vida de médico ortopedista que o aguarda. Ela, uma jornalista que está noiva e prestes a se casar, com ensaio da cerimônia marcado para o dia seguinte.
Um problema inesperado. Um piloto que, em um ato heroico, foi capaz de pousar o pequeno avião no topo de uma montanha. Ben acorda num lugar inóspito. Isolado, frio, longe de qualquer tipo de ajuda. Costelas quebradas. Encontra a desconhecida, inconsciente e ferida. E agora? O que fazer quando respirar dói e quando o socorro não é uma opção? O que fazer quando não somente a sua própria vida, mas a de outra pessoa depende exclusivamente de você? O que fazer quando, tudo isso, cai sobre as suas costas no meio do nada?
 Quando o pior é uma possibilidade, é bom mantê-lo em perspectiva. Sem que a gente se esconda dele. E, se e quando acontecer, é melhor ter pensado nele de antemão. Desse jeito, a pessoa não é esmigalhada quando o pior se torna realidade.
 A narrativa é justamente sobre isso. Sobre a necessidade de se virar para vencer a neve, o frio, a fome, o perigo, mesmo que para isso a pessoa precise se tornar uma espécie de McGyver congelado. A leitura fala sobre a importância de lidar com os próprios demônios para que eles não o impeçam de dar o próximo passo. Fala sobre
a importância de manter o bom humor, mesmo quando já não há dignidade. E fala sobre como a fé pode ser capaz de sustentar o sujeito, mesmo quando ele está numa corda bamba posicionada num abismo. Fala sobre tudo isso, e fala também sobre o poder do amor e da amizade, que se tornam aquele tipo de sentimento que determina a vida ou a morte de alguém.
Esperar por alguém faz isso. Transforma minutos em horas, horas em dias e dias em vidas.

O autor fala sobre tudo isso através de personagens muito bem construídos. Ben, inteligentíssimo, altruísta, irônico. Tem sua cota de tristezas e arrependimentos e precisa lidar com tudo isso enquanto decide o que fazer em seguida. Ashley, uma mulher extremamente forte, em diversos sentidos, que não mede palavras e não pensa duas vezes antes de encarar tudo com muita ironia e bom humor. Napoleão (ou Tanque), um pequeno serumaninho de quatro patas que mostra o seu valor a cada lambida e latido. Groover, uma pessoa inspiradora. Um piloto que vive e toma decisões levando em conta seu grande coração.

Alguma coisa nessa doação me impressionou. Alguma coisa na enormidade dela me comoveu, ali onde as palavras não têm vida. Onde a expressão falha. Onde não há segredos. Onde há apenas você e eu e tudo o que nós somos.

Embora esta obra seja completamente diferente, me fez lembrar bastante de Perdido em Marte. Já leram? Acho que foi a forma de encarar todas as tragédias e intempéries que aconteciam, sempre rindo da desgraça e com uma dose sobre-humana de resiliência. Um livro com cenas fortes, emocionantes e surpreendentes. Um livro que vale a pena ser lido.

Case com um homem que vai caminhar ao seu lado pelos próximos cinquenta ou sessenta anos. Que vai abrir portas, segurar sua mão, fazer seu café, passar loção nas rachaduras dos seus pés, pôr você no pedestal que é o seu lugar. Ele está se casando com o seu rosto e com o seu cabelo louro pintado ou vai amar você quando sua aparência for muito diferente daqui a cinquenta anos?
P.S: Sua adaptação para as telonas já está confirmada para 2017, e os protagonistas serão interpretados por Kate Winslet e Idris Elba. Não vejo a hora de assistir!

 

 


Livro: Depois daquela montanha

Autor: Charles Martin

Lançamento: 2016

Editora: Arqueiro

Páginas: 304

Sinopse: O Dr. Ben Payne acordou na neve. Flocos sobre os cílios. Vento cortante na pele. Dor aguda nas costelas toda vez que respirava fundo. Teve flashes do que havia acontecido. Luzes piscavam no painel do avião. Ele estava conversando com o piloto. O piloto. Ataque cardíaco, sem dúvida. Mas havia uma mulher também – Ashley, ele se lembra. Encontrou-a. Ombro deslocado. Perna quebrada.  Agora eles estão sozinhos, isolados a quase 3.500 metros de altitude, numa extensa área de floresta coberta por quilômetros de neve. Como sair dali e, ainda mais complicado, como tirar Ashley daquele lugar sem agravar seu estado? À medida que os dias passam, porém, vai ficando claro que,
se Ben cuida das feridas físicas de Ashley, é ela quem revigora o coração dele. Cada vez mais um se torna o grande apoio e a maior motivação do outro. E, se há dúvidas de que possam sobreviver, uma certeza eles têm: nada jamais será igual em suas vidas. Publicado em mais de dez países, Depois Daquela Montanha chegará às telas de cinema em 2017, com Kate Winslet (de Titanic) e Idris Elba (de Mandela) escalados para os papéis principais de uma história que vai reafirmar sua crença na vida e no poder do amor.

Você também poderá gostar de

17 Comentários

  • Daniela Souza

    Não sabia sobre esse lançamento da editora, mas fiquei bem empolgada e interessada pelo livro. Vou adicionar no Skoob para poder ler depois. E o melhor foi saber que ele será adaptado, assim posso ler o livro e logo depois assistir ao filme.

    10 de novembro de 2016 às 15:33 Responder
  • Beta Oliveira

    Que bom que você gostou! No meu atual momento não é o tipo de livro que estou procurando, mas se depois mudar de ideia, vou me lembrar do que você escreveu sobre ele. Bacci!

    10 de novembro de 2016 às 17:47 Responder
  • Rosana Gutierrez - Livrólogos

    olá!
    Eu ouvi sobre esse livro no encontro de parceiros da Arqueiro na Bienal e apesar da história e sua resenha , eu vou primeiro assistir ao filme e quem sabe depois ler o livro.
    bjs

    11 de novembro de 2016 às 01:52 Responder
  • Daniele Vieira

    Olá
    Tomei conhecimento desse livro essa semana, e gostei muito,adoro histótias de sobrevivência, e essa deve ser bem emocionante, fiquei curiosa para saber como eles saem dessa. Dica anotada

    11 de novembro de 2016 às 08:04 Responder
  • Karine Fernandes

    Nossa eu não sabia sobre o livro e muito menos o filme, amei amei. Me ganhou pelo drama e fechou pelos atores. Amei amei.
    Parabéns pela linda resenha.

    Beijos.

    11 de novembro de 2016 às 11:38 Responder
  • Morgana Brunner

    Eu já sabia do livro, mas não sabia da existência do filme e confesso que fiquei bastante chocada porque não conhecia em si sobre o que se tratava mesmo a história, parabéns pela resenha e dica super anotada.
    Abraços

    11 de novembro de 2016 às 15:39 Responder
  • Gaby Cunha

    Olá!
    Amei sua resenha e achei a estória incrível!! Com certeza já foi para a Wish List!
    Muito obrigada pela dica!! Bjs
    literakaos.wordpress.com

    11 de novembro de 2016 às 18:32 Responder
  • Leticia Golz

    Oi, Krisna
    É a primeira resenha que vejo do livro, embora já tenha me interessado pelo lançamento.
    Gostei de saber de como é a narrativa e a construção dos personagens. E gostei mais ainda de sabe que tem um amiguinho de quatro patas no meio.
    Dica anotada.

    Blog Livros, vamos devorá-los

    12 de novembro de 2016 às 13:08 Responder
  • Carla

    Oie!
    Eu ainda não li o livro, mas comprei para poder conferir.
    Estou bem curiosa para conferir essa trama, e quando descobri a adaptação fiquei ainda mais intrigada. Bem interessante.
    Bjks!
    Histórias sem Fim

    12 de novembro de 2016 às 15:16 Responder
  • Gabrielly Marques

    Heey, tudo bem? Adorei a resenha!! Estava mesmo curiosa sobre ele. Depois Daquela Montanha tem tudo pra me agradar, e fiquei ainda mais ansiosa pela leitura depois de ler que você lembrou do Perdido em Marte, que é um dos meus livros favoritos. Espero poder ler em breve 😀
    BEijos!

    14 de novembro de 2016 às 01:37 Responder
  • Raíssa - Livros Românticos

    Achei a capa desse livro bem gracinha quando vi nos lançamentos da editora, mas não tive muito interesse, pois não curto isso de ficar isolado tendo de se virar pra sobreviver e essas coisas, foi por esse motivo que não li Perdido em Marte também… eu tenho problemas com livros assim, pois acabam me entediando um pouco. Mas fico feliz que tenha gostado tanto da leitura.

    Raissa Nantes

    14 de novembro de 2016 às 12:46 Responder
  • Mychelle Lemes

    Olá.
    Eu estou louca para ler esse livro desde que eu escutei que ia virar filme, e eu mal posso esperar para comprar o livro e ler. Ele parece ser uma leitura bem emocionante e sei que vou chorar e rir muito durante a historia.
    Eu adorei a resenha, me deixou ainda mais animada para fazer a compra e leitura deste livro. Eu espero gostar tanto quanto vc.
    Bjsssssss
    http://blogdosjovensleitores.blogspot.com.br/

    14 de novembro de 2016 às 15:48 Responder
  • Marina Santos

    Olá.

    Eu já tinha ouvido falar desse livro, mas até agora nunca tinha pegado para ler uma resenha da obra e olha… o livro parece ser bom mesmo, hein! Sua resenha é muito cativante e só de vc falar q o avião caiu fiquei desesperada. Essa capa não parece q o livro carrega tanta tensão assim. Já quero ler.

    Beijos!
    Respire Literatura

    15 de novembro de 2016 às 23:29 Responder
  • Coleções Literárias

    Não solicitei esse livro por conta da fila gigante de livros que tenho que ler e resenhar e não daria conta, mas ele está na minha lista de desejados, principalmente por ter um comentário do Nicholas que eu adoro. E como vai ter filme, fico ainda mais ansiosa além do livro ter uma premissa muito boa, minha resenhista leu e amou.
    Adorei os quotes.

    15 de novembro de 2016 às 23:54 Responder
  • Thayenne Carter

    Olá,

    Achei a capa desse livro muito bonita e a premissa me atraiu bastante. Recentemente, li um livro com a premissa parecida e achei bem interessante acompanhar, acho que também irei gostar desse. Curiosidade é o que não falta e seus comentários me deixaram ainda mais curiosa. Espero fazer essa leitura em breve.

    Beijos,
    entreoculoselivros.blogspot.com

    16 de novembro de 2016 às 15:47 Responder
  • Carolina Ramires

    Olá!
    Ainda não conhecia esse lançamento mas me pareceu ser uma história extremamente emocionante e entendi bem porque você fez essa comparação com perdido em marte. Não sabia que teria uma adaptação e acho que a escolha do elenco não poderia ter sido melhor.
    Beijos.

    16 de novembro de 2016 às 22:13 Responder
  • Cila - Leitora Voraz

    Oi Krisna, sua linda, tudo bem?
    Estou com esse livro para ler. Eu vi o filme perdido em marte e gostei bastante. Então, tenho certeza de que irei gostar desse livro. Não sabia que ele era casado e com filhos e nem que ela era noiva. É engraçado como a vida nos coloca em situações e de frene a algumas pessoas, como nossos destinos se esbarram. Como vai terminar a história deles? Eles ficarão juntos depois de tudo? Tenho certeza que irei me emocionar com eles. Estou louca para ler!!!!! Sua resenha ficou ótima!!!
    beijinhos.
    cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    16 de novembro de 2016 às 22:22 Responder
  • Deixe uma resposta