Siga nossas redes:

Resenha – A bandeja ( Despertar 1)

Publicado em 28 de junho de 2017
- Arqueiro, Cristão, Nacional, Resenhas, Romance

LIVRO ESPECIALMENTE INDICADO PARA quem curte literatura cristã, para quem tem interesse em conhecer a escrita da Lycia Barros, para quem gosta de narrativas emocionantes que encantam e tocam o coração. Ideal para ler naquele momento em que faz sentido repensar a vida e as escolhas feitas.

 

O livro A bandeja, de Lycia Barros, foi uma leitura totalmente diferente do que eu estou acostumada a ler, um livro cristão que traz uma forte mensagem… Uma história de amor, perdão, encontros e desencontros. Apesar de ser cristã, livros cristãos no estilo desse da Lycia, os romances cristãos, nunca me atraíram! Quando comprei foi aquela compra meio sem fé, sabe? Só porque queria uma história que se passava na época da faculdade. A surpresa veio quando eu comecei a ler, a história de Angelina pode ser algo “repetitivo”, a menina que vai para faculdade e vai começar a descobrir como é a vida longe dos pais. Mas há um grande diferencial, Angelina sempre foi criada em um lar cristão, com ensinamentos e valores totalmente diferente das pessoas que ela passará a conviver quando chega na faculdade.

Os pais sempre tiveram presentes na sua vida, e a nossa querida mocinha foi criada com um certo conforto já que o pai era um pequeno empresário, digamos que Angelina tinha uma vida confortável de certo modo. Quando ela tem que se mudar para o Rio de Janeiro, vivendo nas dependências da universidade, tudo muda. Como todos os pais, os de Angelina não deixam de aconselhar a filha sobre os cuidados que ela deve tomar e não se esquecer tudo que lhe foi ensinado desde cedo, em que tudo será colocado a prova nessa nova fase de sua vida.

 

As outras pessoas que vai amar só irão somar. Se você não aprender a ser feliz sozinha, não será com mais ninguém.

Quando chega a faculdade ela passa a ver que os conselhos que os seus pais tinham dado não eram em vão e ela não estaria preparada para o que iria lidar. Uma das personagens que me chamou a atenção foi a sua colega de quarto, Michele, filha de uma das mulheres da igreja que ela frequenta. Ela é totalmente o oposto da protagonista. A colega de quarto se mostra uma pessoa totalmente irresponsável, presente em todas as farras e pra completar toda a situação, fuma maconha o que deixa Angelina totalmente impressionada com a realidade que estava a sua frente.

Mas em seu novo mundo, ela não poderia imaginar que poderia encontrar alguém que traria um novo sentido aos seus dias. Alguém que iria mexer com toda a sua estrutura, fazer ela provar sentimentos novos. Frederico, ou melhor falando, Rico, é o cavaleiro no cavalo branco. Um homem lindo, mais velho, de status, que logo deixa a mocinha encantada. Mas o que ela não imagina é que Rico é seu professor em uma das cadeiras da faculdade. O que não impede que nasça entre eles uma paixão, que vai trazer uma mudança tremenda na vida da nossa menina.

A maneira como Lycia tratou desses sentimentos foi algo que me chamou atenção, a sensibilidade em retratar como nos sentimos quando nos apaixonamos, quando ficamos cegos a ponto de enxergar muitas vezes que certas atitudes não podem ser aceitas, aonde muitas vezes mesmo doendo aceitamos posturas que só acabam ferindo mais ainda e quando vamos enxergar isso já é tarde demais…


Mesmo Angelina seguindo todos os seus desejos, realizando suas próprias vontades, e principalmente no decorrer do seu relacionamento com Rico, havia algo que acontecia “contra” tudo isso, algo que ela não poderia controlar: sonhos, em que anjos lhe oferecem diversos objetos em uma bandeja e quando ela os aceita, os anjos se transformam em feras. Angelina de início não compreende bem o que os seus significam, mas no decorrer do seu relacionamento com Rico ela passa a entender o que todos os seus sonhos tentavam alertá-la.

Lycia trouxe-me uma nova perspectiva quanto aos romances cristãos, eu aprendi, eu sofri e me identifiquei com Angelina em diversos momentos. Ela tratou de fatos cotidianos de uma maneira intensa, única. Principalmente sobre feridas e mágoas, aonde sabemos que muitas vezes os erros podem causar grandes danos, em que muitas vezes pensamos que determinado ato é imperdoável, mas quando se trata de Deus ele está sempre pronto para nos receber. Afinal, ele é amor. Se você realmente deseja algo bom, faça algo bom pelo seu próximo, que a sua essência seja baseada no amor.

 


Livro: Despertar – A bandeja
Autora:
Lycia Barros
Lançamento:
2014
Editora:
Arqueiro
Páginas:
240
Sinopse:
A bandeja conta a história de Angelina, jovem de 19 anos, que ao entrar para a universidade, inicia um apaixonado envolvimento amoroso com um de seus professores, Alderico – mais conhecido por Rico. Por conta de toda a avassaladora e descontrolada paixão que envolve esse relacionamento, Angelina começa a viver somente para Rico, colocando seus estudos, seus amigos, sua família, sua religião e até mesmo a si própria em segundo plano. Angelina é evangélica por tradição familiar e não exatamente por convicção religiosa. Porém, inesperadamente, tem um estranho sonho, cujas revelações possuem um forte e marcante significado, que ela somente conseguirá compreenderá mais tarde. Quando, no momento certo, a grande verdade lhe é revelada, ela finalmente compreende o que significa o amor de Deus em sua vida.

 

Você também poderá gostar de

12 Comentários

  • Aichha Carolina Pereira

    Oi Isa,
    Nunca li um romance cristão, porém parece muito bom. Acho legal porque neste tipo de livro você compreende de onde as pessoas de fé tiram forças para superar o mal e as adversidades da vida. Adorei a dica!
    Beijos

    28 de junho de 2017 às 14:04 Responder
  • Marília Leocádio

    Eu li esse livro ano passado e posso afirmar que foi uma das minhas melhores leituras do ano sem duvida, a protagonista com o tempo foi aprendendo e soube o que era melhor para ela só no final, mas o que mais gostei foi com toda a fé envolvida gosto muito de historias que envolvem isso.
    Abraços!!!

    28 de junho de 2017 às 17:15 Responder
  • Caroline Garcia

    Tenho bastante curiosidade em ler algo da Lycia faz um tempão, mas infelizmente não tive oportunidade ainda.
    Quem sabe não acabe conhecendo a escrita dela por esse livro. Seus comentários positivos me deixaram bem curiosa em relação a essa história.
    Parece ser uma leitura pra lá de envolvente e apaixonante. Já quero!
    O tema é super interessante e acredito que tenha sido muito bem desenvolvido.
    Essa questão cristã realmente chamou minha atenção.
    Beijos
    Caroline Garcia

    28 de junho de 2017 às 22:13 Responder
  • pamela mendes

    Eu só tinha visto a capa desse livro, mas nunca tinha lido nem a sinopse dele. Confesso que pela capa, achava que era um livro completamente diferente. Eu gosto bastante de romances entre professor – aluna, e só isso já me fez ficar com mais vontade ainda de ler o livro haha. A história dele parece ser muito bonita, e acho que vou amar os personagens. Eu confesso que também não costumo ler livros de religião assim, mas esse parece ser bem diferente de todos que eu já vi. Já fiquei muito interessada no livro!
    Bjs ^^

    29 de junho de 2017 às 02:44 Responder
  • Marta Izabel

    Oi, Isabelle!!
    Nunca li nenhum livro da Lycia Barros mas achei bem interessante esse romance cristão, achei interessante que os sonhos da Angelina são verdadeiros alertas de algo que a protagonista vai passar e ela infelizmente não compreende!!
    Beijoss

    29 de junho de 2017 às 03:00 Responder
  • rafaela

    Faz um tempo que eu li esse livro, e esse foi o primeiro livro que li da autora. Pela capa, eu achava que a história seria bem diferente, e me surpreendi bastante por ser um new adult. Esse livro foi muito melhor do que eu esperava, achei toda a história muito boa e muito bem desenvolvida. A escrita da Lycia Barros também é muito boa e muito envolvente. Agora estou doida pra ler outras obras da autora.

    Beijos!

    29 de junho de 2017 às 16:38 Responder
  • Edgar

    Conheço este livro desde seu lançamento, infelismente ainda não tive a oportunidade de ler. Mas como você mesmo mostrou, e muita gente fala bem, me deixou curioso.

    30 de junho de 2017 às 02:08 Responder
  • Karoliny Morais

    Não conheço a autora, devo confessar também mesmo sendo cristã também nunca mim interessarei por livros assim, mas a premissa mim achou a atenção e sua resenha deu vontade de ler ele .talvez ele seja minha próxima leitura

    30 de junho de 2017 às 14:49 Responder
  • Angélica Pina

    Esse foi um dos primeiros romances cristãos que li e me apaixonei! Li outros da Lycia depois, mas esse é o meu favorito.

    30 de junho de 2017 às 18:26 Responder
  • laura

    oi nao conheço nem o livro nem a autira nunca li romance crista mais deve ser muito legal esse mesmo eu amei achei muito lida a resenha gostei de tudo da angelina…
    beijos ja adicionie na lista

    30 de junho de 2017 às 20:42 Responder
  • Milena Moreira

    Hey,

    Nunca li nenhum livro desse gênero e infelizmente esse não me chamou atenção.

    30 de junho de 2017 às 23:10 Responder
  • Carolina Oliveira

    Nao sou religiosa, mas gosto de leituras que acrescentem, infelizmente acho que esse livro n me acrescentaria mto e parece ser bastante religioso de uma forma negativa. Mas que bom q vc gostou da leitura 🙂

    1 de julho de 2017 às 01:49 Responder
  • Deixe uma resposta