Siga nossas redes:

Resenha – As aventuras de Sherlock Holmes (parte 1)

Publicado em 30 de junho de 2017
- E-book, Kindle Unlimited, Policial, Resenhas, Sherlock Holmes, Zahar

LIVRO ESPECIALMENTE INDICADO PARA fãs de suspense e de narrativas investigativas, leitores que curtem livros clássicos ou para  aquelas pessoas que gostariam de conhecer as obras de Arthur Conan Doyle.

Olá pessoal!
O livro As aventuras de Sherlock Holmes reúne os doze primeiros contos do nosso detetive ranzinza e seu fiel escudeiro que foram publicados entre os anos de 1891 e 1892, em uma revista da época. No post de hoje vamos conversar sobre os quatro primeiros contos: Escândalo na Boêmia, A liga dos cabeças vermelhas, Um caso de identidade e O mistério do Vale Boscombe.

 

Mais uma vez optei pela leitura do e-book da Coleção Clássicos Zahar que está disponível no Kindle Unlimited.  Para quem se interessar também é possível encontrar esses contos em e-books avulsos que são integrantes da Coleção Expresso Zahar, que também estão disponíveis para leitura no Kindle Unlimited. Por se tratar de contos curtos decidi colocar a capa de cada conto da Coleção Expresso Zahar e falar um pouco sobre cada um deles separadamente, morro de medo de dar algum spoiler, rsrs.

Conto: Escândalo na Boêmia – Coleção Expresso Zahar
Lançamento: 2014
Editora: Zahar
Páginas: 32

Sherlock e Watson já não se encontram mais com tanta frequência desde que o médico se casou e mudou-se de Baker Street. Watson se adaptou muito bem à vida de casado e Sherlock não deixa de observar o fato. Durante uma das visitas de Watson ao amigo,  Sherlock recebe um bilhete. Uma pessoa que não quer se identificar irá procurá-lo. Como sempre Sherlock consegue saber quase tudo sobre a pessoa que escreveu o bilhete, deixando Watson abismado. O cliente era uma pessoa muito importante e que precisava resolver uma questão delicada de seu passado que poderia repercutir negativamente atingindo a honra de uma das famílias mais importantes da Europa. Sherlock precisa se disfarçar durante a investigação deixando Watson admirado com a sua transformação. Mas este caso não será tão simples como os outros em que a dupla trabalhou. Neste conto, pela primeira vez Sherlock encontrou alguém à altura de sua inteligência e que por isso ganhou seu respeito e admiração. E o que mais deixou contente com relação a este fato é que se trata de uma mulher.

Não se tratara de uma mera troca de roupa. A expressão de Holmes, suas maneiras, até a sua alma pareciam se transformar a cada novo papel que assumia. O palco perdeu um excelente ator, assim como a ciência perdeu um cérebro afiado, quando ele se tornou um especialista em crimes.


Conto: A liga dos cabeças vermelhas – Coleção Expresso Zahar (Também pode ser encontrado com o nome de “A liga dos ruivos”)  
Lançamento: 2014
Editora: Zahar
Páginas: 69
Watson mais uma vez vai visitar seu amigo Sherlock e quando chega à Baker Street ele está acompanhado de um cavalheiro de certa idade, com os cabelos ruivos. Watson tenta sair para não atrapalhar, mas Sherlock pede que ele fique. O cliente era Mr. Jobez Wilson, proprietário de uma pequena loja de penhores. Mr. Wilson gostaria que Sherlock investigasse A liga dos cabeças vermelhas. Eles o haviam contratado depois de colocarem um anúncio em um jornal. Sua função era copiar a Enciclopédia Britânica na sede da liga das dez às duas e pelo serviço receberia quatro libras por semana, mas não
poderia sair da sede em hipótese nenhuma durante este horário. E assim ele fez durante oito semanas até que uma sexta-feira encontrou a sede fechada e o prédio sem nenhuma identificação. Nosso médico mais uma vez se frustra por não conseguir acompanhar o raciocínio de Sherlock durante a investigação. Mr. Wilson deseja saber o que aconteceu e conta com a astúcia e poder de dedução de Sherlock para isso. Desde o primeiro contato o novo cliente, Sherlock ficou muito interessado pelo caso. Ao contrário do que costuma acontecer, desta vez ele não conseguiu fazer ligação com nenhum caso anterior que tenha investigado.

Acredito que não sou mais obtuso que a média das pessoas, mas sentia-me sempre oprimido por uma sensação de minha própria estupidez na minha relação com Sherlock Holmes.


Conto: Um caso de identidade – Coleção Expresso Zahar  
Lançamento: 2014
Editora: Zahar
Páginas: 26
Este é o conto mais curto dos quatro que foram escolhidos para leitura este mês. Sherlock e Watson estavam conversando sobre como os jornais retratavam os crimes, o detetive não aprovava o método utilizado. Enquanto ele olhava pela janela identificou sua mais nova cliente e de que se tratava o caso apenas de observá-la se aproximar da sua casa. Somos então apresentados a Miss Mary Sutherland, que descobriu os serviços de Sherlock através da indicação de Mrs. Etherege. Ela precisa que Sherlock investigue o desaparecimento de Mr. Hosmer Angel. Eles haviam se conhecido no Baile dos Gasistas e seu padastro não aprovava o relacionamento. Diante das circunstâncias eles decidem se casar escondido. Mas o noivo não comparece ao próprio casamento. Miss Sutherland está desesperada por notícias. Watson continua sem conseguir acompanhar o raciocínio do amigo.  O poder de observação e dedução de Sherlock Holmes mais uma vez são decisivos na resolução do caso.  Achei muito interessante que neste conto Sherlock, sempre metódico e até certo ponto muito frio no relacionamento com seus clientes, demonstrou empatia pela Miss Sutherland ao decidir não revelar o os detalhes de sua investigação e assim poupando-a de uma grande decepção.

Você parece ter visto nela muita coisa que para im foi totalmente invisível.” “Não invisível, mas não percebido Watson. Você não soube para onde olhar e por isso deixou de notar tudo o que era importante. Nunca consigo lhe meter na cabeça a importância das mangas, o que há de sugestivo nos polegares, ou as grandes questões que pode depender de um cadarço de botina. (…)


Conto: O mistério do Vale Boscombe – Coleção Expresso Zahar 
Lançamento: 2014
Editora: Zahar
Páginas: 32
Sherlock convida Watson para acompanhá-lo em uma investigação de um caso no Vale Boscombe. O detetive fica muito contente quando o amigo chega no local indicado para o encontro. Watson não sabia nada sobre o caso em questão e Sherlock fez um breve resumo: Mr. John Turner era o maior proprietário de terras no Vale Boscombe. Ele tinha feito fortuna na Austrália e depois fixou residência ali. Algum tempo depois Mr. Charles McCarthy que também havia vivido na Austrália e era conhecido de Mr. Turner mudou-se para o vale depois de arrendar algumas terras do amigo. Eles eram vistos juntos frequentemente, ambos viúvos e não costumavam se envolver muito com as demais famílias vizinhas. Certo dia McCarthy saiu para se encontrar uma pessoa no lago e não voltou com vida. Seu filho Mr. James McCarthy havia sido preso acusado pelo assassinato depois que todas as provas apontavam para ele. Miss Turner, filha de John Turner, que acreditava na inocência dele e havia contratado o inspetor Lestrade, membro da Scotland Yard para investigar o caso. Ele e Sherlock são velhos conhecidos e o inspetor pediu que o detetive o ajudasse. Sherlock e Watson precisam provar a inocência de Mr. James McCarthy. Neste conto mais uma vez Sherlock não deu publicidade a certos pontos que descobriu durante a investigação para proteger terceiros que poderiam ser envolvidos. Afinal nosso detetive não é tão frio quanto demonstra.

Eu teria dificuldade em imaginar um caso mais flagrante”, comentei. “Se alguma vez provas circunstanciais denunciaram um criminoso, foi aqui.” “Provas circunstanciais são muito traiçoeiras”, contestou Holmes, pensativo. “Podem parecer apontar muito diretamente para uma coisa, mas, se você desloca um pouquinho seu ponto de vista, pode descobrir que aponta de maneira igualmente indubitável para outra inteiramente diferente. (…)

 


Depois da leitura dos primeiros contos de As aventuras de Sherlock Holmes confesso que fiquei ainda mais fã da inteligência e poder de dedução de Sherlock Holmes. Também não posso deixar de observar que Watson é um tanto quanto desatento, o que me deixa feliz já que ao contrário do médico consegui acompanhar raciocínio de Holmes em grande parte dos mistérios.
 
Nosso próximo encontro será no dia 31 de julho quando discutiremos os contos Os cinco caroços de laranja (ou As cinco sementes de laranja), O homem de lábio torcido (ou O homem da boca torta), A pedra azul (ou O carbúnculo azul) e A banda pintada (ou A banda malhada) que também fazem parte d livro As aventuras de Sherlock Holmes. Como vocês podem perceber, dependendo da tradução, existem algumas variações nos títulos e por isso estou colocando as duas versões de título que encontrei para cada conto. Estou adorando esse projeto e espero que vocês também estejam. Fico aguardando os comentários de vocês.

Livro: As aventuras de Sherlock Holmes
Autor: Arthur Conan Doyle
Lançamento: 2011
Editora: Zahar
Páginas: 415
Sinopse: O cenário é Baker Street, virada do século XIX para o século XX em uma Inglaterra cavalheiresca e genial, ao mesmo tempo, problemática e ambígua. Sherlock Holmes é um famoso detetive, em tanto excêntrico, que tenta solucionar mistérios acompanhado por seu fiel escudeiro Watson. O livro traz os doze primeiros contos do autor, publicados entre julho de 1891 a junho de 1892 na Strand Magazine.

Você também poderá gostar de

10 Comentários

  • Aichha Carolina Pereira

    Oi Thais,
    Sherlock sempre o mestre dos disfarces e da inteligência. Fico admirada como ele observa os detalhes da cena e consegue correlacioná-los. Estou louca para ler essa série.
    Beijos

    30 de junho de 2017 às 12:56 Responder
  • Karoliny Morais

    Oi Thais,
    Adoro esse mistério quem tem as investigações . vou add dps na minha lista de leitura.
    fico fascinada inteligência e poder de dedução de Sherlock Holmes.
    Bjus

    30 de junho de 2017 às 14:46 Responder
  • rafaela

    Já gostei de saber que esse livro também está no Kindle Unlimited. Confesso que não sou muito fã de livros de contos, mas adoro o Sherlock Holmes. O único conto que eu li desses é Escândalo na Boêmia, e gostei muito do conto. Fiquei com muita vontade de ler os outros, que parecem ser ótimos também!

    Beijos!

    30 de junho de 2017 às 15:58 Responder
  • Marília Leocádio

    Adorei saber que tem a coleção no kindle Unlimited, se tratando de Sherlock Holmes eu já quero ler com sua inteligencia e determinação foi me conquistando aos poucos e sei que vou adorar.
    Abraços!!

    30 de junho de 2017 às 16:07 Responder
  • Marta Izabel

    Oi, Thaís!!
    Gostei muito da postagem, nunca li nada de Sherlock Holmes mas gostei bastante desses contos. Pelo visto esse serviço da Kindle Unlimited é muito bom.
    Beijoss

    30 de junho de 2017 às 17:48 Responder
  • laura

    oi ja li dois livros do shelock Homes nao soup muito fa de suspense mais amei achei muito legal e criativa ahistoria rsrs ja li os liga da cabeça vermelha e posso dizer que eu amei rsrs
    beijinhos

    30 de junho de 2017 às 20:38 Responder
  • pamela mendes

    Eu nunca li nenhum livro do Sherlock Holmes, só vi os filmes, e algumas séries. Mas gosto muito do personagem. Achei legal ter esse livro, com doze contos dele. Eu não conhecia esse contos, mas parecem ser ótimos! Fiquei com bastante vontade de ler esses, principalmente Escândalo na Boêmia e Um Caso de Identidade.
    Bjss ^^

    30 de junho de 2017 às 21:16 Responder
  • Caroline Garcia

    Estou numa vive boa para ler contos e fiquei bem interessada nessa obra.
    Depois de ler seus comentários, fiquei curiosa pra conhecer essas aventuras do Sherlock e seu companheiro e quais serão os desfechos dessas investigações.
    Parece ser uma leitura divertida, envolvente e bem rápida. Além de fluir muito bem!
    Zahar está arrasando nas publicações!
    Beijos
    Caroline Garcia

    30 de junho de 2017 às 21:38 Responder
  • Milena Moreira

    Hey,

    Como comentei nas resenhas passadas, ainda não li nenhum livro do universo do Sherlock mas pretendo mudar isso em breve <3

    30 de junho de 2017 às 23:20 Responder
  • Carolina Oliveira

    Ai que post maravilhoso 🙂
    Adorei pq sou mto fä de Sherlock! Ele fez parte da minha infancia, faz mto tempo q li os livros, mas dps dessa resenha fiquei com mta vontade de fazer uma releitura 🙂
    Aguardando ansiosamente pelo prox post de Sherlock s2

    1 de julho de 2017 às 01:44 Responder
  • Deixe uma resposta