Siga nossas redes:

O que achei de Antes que eu Vá

Publicado em 27 de maio de 2017
- Adaptação, Drama, Filmes

FILME ESPECIALMENTE INDICADO PARA quem gosta de conferir adaptação cinematográfica, para quem busca uma história com um toque de fantasia e que aborde questões e conflitos vivenciados na adolescência.

Olá pessoal! Coisa boa que hoje é sábado e tenho mais dicas de filmes ou séries para vocês. Hoje a indicação vai para a adaptação do livro Antes que eu Vá da Lauren Oliver, e claro, como qualquer outra adaptação de livros fico ansiosa, ao mesmo tempo louca para assistir e com um medo danado. Já que como sabemos, baseado nas outras adaptações lançadas, podemos esperar qualquer coisa dos produtores.

Seja uma ideia brilhante que só venha a acrescentar no roteiro do livro ou algo horrível que põe toda a história e nossas expectativas por água abaixo. Então, é um alivio contar para vocês que a adaptação foi bem legal! Foi fiel aos acontecimentos do livro e aos personagens, além de ter sido bem produzida.

Para quem ainda não leu o livro deixa eu explicar um pouco do que se trata Antes que eu Vá. Ou posso acabar me empolgando e me aprofundando em outros aspectos do filme antes de falar um pouco sobre a história, rsrs.
O filme segue a vida da adolescente Samantha e seus dias no colégio com as amigas. Sam, tem tudo o que uma garota da idade dela quer ter, faz parte do grupo de garotas populares, é bonita, tem um namorado cobiçado pelas outras, ou seja tem todos os privilégios favoritos de uma adolescente.
Mas em uma sexta-feira, bem esperada por ela e pelas amigas, tudo que era para dar certo termina dando errado, e esse acaba sendo seu último dia. Apesar dela não saber o que de fato está acontecendo quando vê sua sexta-feira sendo repetida várias vezes, Sam começa a enxergar não apenas ela mesma, mas todos a sua volta de forma nova, na verdade ela passa a ver as pessoas como elas realmente são, inclusive ela própria.  Então aproveita essa chance do seu dia se repetir várias vezes para desvendar o que aconteceu no final da noite de sexta feira e fazer alguns ajustes na sua vida.
No começo da história me chateei bastante com o jeito de “adolescente egoísta e narcisista” da Samantha, até a metade do livro quando ela percebe o quanto suas atitudes são pequenas e vê na sua situação uma oportunidade de mudar, de ser uma pessoa melhor, é que então para mim o livro começa a ficar bom. Tratando de valores importantes e temas que não devem ser deixados de lado, como bullying, vontade de ser aceito e outros, ao invés de focar nos dramas de adolescentes mimadas.
O filme retrata toda a história fielmente, nas partes que os dias da Sam vão se repetindo a transição dos acontecimento fica um pouco monótona, já que se passa a mesma coisa várias vezes até que a protagonista encara de vez seu destino.
Samantha é interpretada pela Zoy Doutch, que para mim estava perfeita no papel, não apenas a aparência foi compatível, mas sua interpretação também foi convincente.
O que me deixa na dúvida, é que essa seja uma opinião minha construída por já ter lido o livro antes, de forma que já tenho certa conexão com os personagens, talvez outras pessoas que ainda não leram ao livro possam ter outra interpretação do filme e dos personagens. Como as coisas vão acontecendo de maneira rápida e os temas mais importantes são abordados apenas depois, talvez quem não tenha lido o livro sinta certo distanciamento com a personagem e com a história.
O diretor Ry Russo-Young (Caminho Para o Coração), fez um bom trabalho com a trama adolescente e melhor ainda conseguiu ser fiel ao livro.  Apesar do final do filme ser abrupto, o que vai deixar o pessoal que não leu o livro um pouco chateado, foi condicente com o final do livro, então não tenho críticas negativas quanto a ele.
Ah, antes de finalizar quero frisar  que o figurino estava perfeito, as roupas de inverno que as meninas vestem, me deram vontade de morar em algum lugar onde o inverno realmente pegasse, e eu pudesse aproveitar a chance para usar botas de cano alto e meia-calça com vestidos, rsrs.
E é isso aí pessoal! Espero que aproveitem esse sábado gostoso para assistirem Antes que eu Vá e que ao terminarem levem consigo as lições que a história deixa.

Filme: Antes que eu Vá
Direção: Ry Russo-Young
Distribuidora: Paris Filmes
Gênero: Drama
Duração: 1h38min
Sinopse: Samantha Kingston (Zoey Deutch) é uma jovem que tem tudo o que uma jovem pode desejar da vida.. No entanto, essa vida perfeita chega a um final abrupto e repentino no dia 12 de fevereiro, um dia que seria um dia como outro qualquer se não fosse o dia de sua morte. Porém, segundos antes de realmente morrer, ela terá a oportunidade de mudar a sua última semana e, talvez, o seu destino.

Você também poderá gostar de

10 Comentários

  • Cristiane Dornelas

    Se esse filme estiver fiel mesmo acho que vou adorar. Essa história é muito boa, passa umas mensagens e deixa sua marca na gente. Adorei quando vi que iria virar filme e tenho estado ansiosa desde então para ver se ficou legal, se foi fiel ao livro e conseguiu passar tudo que aquela história passou.
    Parece que não é pra decepcionar mesmo.
    Estou vendo muitas coisas legais dele e a vontade de assistir só aumenta *-*

    27 de maio de 2017 às 17:15 Responder
  • Lili Aragão

    Oi Gabi, tô bem animada pra acompanhar essa história e apesar de ainda não ter lido o livro, já li algumas resenhas elogiosas e curti a critica que você fez aqui do filme e por tabela falou um pouco do livro no meio. Zoy Doutch se não me engano é a mesmo da Academia de Vampiros e até gosto dela. E sobre as roupas de inverno, também acho que as pessoas se vestem super bem no frio e só queria ter resistência pra ir pra um lugar assim rsrs

    27 de maio de 2017 às 20:11 Responder
  • Herica Lima

    Ahh vou assistir amanhã!
    Ainda não li o livro, mas deixa. Vou ver sim o filme primeiro rsrsr!
    Bom saber que ficou quase igual ao livro! Já estou ansiosa!

    27 de maio de 2017 às 20:13 Responder
  • Caroline Garcia

    Sempre tem algumas coisinhas que deixam os leitores chateados né?
    Mas me parece que o filme foi bem fiel ao livro mesmo!
    Espero não me decepcionar rsrs
    Esse é um dos meus livros favoritos e estou bem animada pra assistir a adaptação.
    Fico feliz que você tenha curtido!
    Beijos,
    Caroline Garcia

    28 de maio de 2017 às 03:23 Responder
  • Isabela Carvalho

    Oi Gabi 😉
    Adorei a resenha. Realmente concordo que foi fiel ao livro!
    Já conhecia a Zoey do filme Vampire Academy, que é uma série que amo demais mas que apesar do filme ter sido um fiasco, a Zoey interpretou bem o papel de Rose.
    Li Antes Que Eu Vá faz um bom tempo, e o filme me refrescou algumas coisas que tinha esquecido.
    Também amei a trilha sonora (já baixei as músicas no spotify kkk) e o figurino!
    Bjos

    28 de maio de 2017 às 10:36 Responder
  • Aichha Carolina Pereira

    Oi Gabi,
    Não li o livro mas assisti o filme e amei! Achei super criativo a ideia de Sam ficar presa no mesmo dia e de como suas decisões podem mudar tudo em seu entorno.
    Achei o final super reflexivo.
    Beijos

    28 de maio de 2017 às 21:04 Responder
  • Lana Silva

    Já faz algum tempo que quero ler o livro, e perceber o quanto a estória do filme está tão fiel a obra, me fez querer esperar mais um pouco para adquirir o livro lê-lo, e só após isso assistir ao filme. Até porque talvez não tenha a oportunidade de ir aos cinemas. Estou ansiosa para ler o livro, e assistir ao filme, pois me encantei pela trama.

    29 de maio de 2017 às 10:37 Responder
  • suzana cariri

    Oi!
    Estou doida para assistir ao filme, já tinha visto o livro antes, mas ainda não tinha parado para ver sobre o que era a historia, mas assim que vi o trailer a historia acabou me conquistando e me deixando bem curiosa, mesmo parecendo ser um pouco lendo por sempre repetir o mesmo dia, com certeza irei assistir ao filme !!

    31 de maio de 2017 às 14:01 Responder
  • Mariana Paiva

    Sendo bem sincera eu já passei um pouco da fase de "não ficou igual ao livro…", claro que eu torço para que tenha tal cena, mas que principalmente consiga ter a mesma essência. Li o livro há uns 4/5 anos atrás e eu gostei bastante. Então, claro que quando fui assistir o filme esse mês eu não lembrava de tudo. Eu gostei muito do filme, achei super bem produzido. E não achei monótono. E o que eram os figurinos? Fiquei encantada. Já vi algumas pessoas reclamando do final do livro, queriam outro destino para a Sam, já eu fiquei satisfeita com o final.

    31 de maio de 2017 às 15:31 Responder
  • Leituras da Ketellyn

    Ouvi falarem que não ficou muito bom, mas mesmo assim quero assistir, mas antes quero ler o livro pois ate agora não tive a oportunidade.

    31 de maio de 2017 às 19:26 Responder
  • Deixe uma resposta