Siga nossas redes:

Novidades da editora Universo dos Livros

Publicado em 7 de março de 2017
- Sem classificação
 Olá pessoal, tudo bem?
Hoje trago para vocês alguns lançamentos da editora Universo dos Livros, agora para o mês de março. Abaixo deixo as capas e sinopses, para que vocês aumentem a (pequena? infinita?) lista de desejados. 

Bela deseja para sua vida muito mais do que a pequena cidade provinciana
de Villeneuve pode oferecer. Lá, ela se destaca da multidão com um
ponto de vista único, uma independência vigorosa e um notável amor pelos
livros. Ela anseia por viagens e aventuras, e por uma vida tão
empolgante quanto as histórias que lê, mas, quando seu amado pai é
aprisionado por uma fera em um castelo encantado, o destino de Bela muda
para sempre. Ao arriscar sua liberdade e seu futuro, ela assume o lugar
do pai, jurando-lhe que escaparia em segredo. No entanto, conforme
aprende mais sobre a Fera e seu misterioso castelo, Bela descobre que
pode haver mais sobre a história dele – e sobre a sua própria – do que
ela jamais poderia ter imaginado.
 

 Quando seu adorável companheiro canino, Boomer, é diagnosticado com uma
rara condição cardíaca, Jennifer Westbrook decide tirar uns dias de seu
atarefado trabalho de relações públicas e levar Boomer para a melhor
viagem de sua vida.

Traçando um percurso de Chicago à Califórnia,
Jennifer planeja para seu companheiro de quatro patas algumas paradas em
lugares inusitados, como um show de cães, um museu de hidrantes e uma
fábrica de brinquedos barulhentos. Porém, ao tentar entrar com Boomer
disfarçado de cão-guia na área de imprensa de uma corrida da NASCAR, o
disfarce de Jennifer é descoberto por um belo e curioso repórter chamado
Nathan Koslow.
Nathan rapidamente se apega a Boomer, ao contrário
dos outros homens na vida de Jennifer. Quando o encantador jornalista
pede para se juntar a eles na jornada, ela não consegue recusar. É então
que descobre que alguém criou um site chamado “O último desejo de
Boomer”, que acaba viralizando, e com isso rumos inesperados são
definidos para a viagem de Jennifer, Nathan e o cachorro que os uniu.
Será que o último desejo de Boomer se tornará realidade?

Como sobreviver com a mente cheia de memórias da Segunda Guerra Mundial?
Como lidar com o trauma de ter presenciado a destruição arrebatadora de
uma bomba atômica praticamente ao seu lado? E como pensar em salvar
civis quando sua própria vida está em jogo? Conheça neste livro a
história do Sr. Takashi Morita, sobrevivente da bomba atômica que
dizimou milhares de seres humanos e que até hoje manifesta efeitos na
saúde física e mental da população de Hiroshima e de Nagasaki.

Era 6
de agosto de 1945. Ninguém poderia prever, mas foi neste dia que a vida
de inúmeros japoneses – e das gerações subsequentes – mudaria para
sempre. As consequências da bomba atômica foram devastadoras, e não
apenas no que diz respeito à saúde daqueles que se encontravam nas
imediações do epicentro, como é o caso do Sr. Takashi, que exercia o
ofício de soldado na época. Para além das numerosas enfermidades
oriundas da intensa radiação emitida em Hiroshima e Nagasaki, os
atingidos pelas bombas sofreram muita discriminação, principalmente pelo
fato de as consequências decorrentes da radiação para os sobreviventes e
seus descendentes serem ainda uma incógnita.
Após sofrer situações
tão devastadoras como as que o Sr. Takashi viveu, muitos de nós
provavelmente sucumbiríamos ao rancor. A sabedoria, no entanto, com a
qual ele enfrentou suas memórias mais sombrias é inspiradora. Quando
questionado a respeito de suas mágoas com relação aos norte-americanos,
responsáveis pelo envio da bomba atômica a Hiroshima, o veterano
responde: “Estavam apenas fazendo o seu trabalho.”
O perdão, a
compreensão, a empatia e todos os laços e fortalezas construídos em
detrimento de um passado que é impossível de esquecer são lições que o
Sr. Takashi, agora um comerciante de 92 anos que vive no Brasil, visa
nos ensinar neste emocionante relato.

 

 Nesta história real, Deborah Lipstadt enfrenta no tribunal David Irving –
um dos mais conhecidos negacionistas do Holocausto. Acompanhe todo o
processo do julgamento enfrentado pela historiadora e seu empenho em ter
que corroborar que um dos episódios mais cruéis da humanidade de fato
aconteceu.

David Irving é um autor inglês que usa métodos pouco
ortodoxos de pesquisa histórica em seus inúmeros livros sobre a Segunda
Guerra Mundial e o Terceiro Reich, nos quais ora atenua os impactos e as
atrocidades dos campos de concentração, ora questiona a própria
existência das câmaras de gás. Irving chega até mesmo a negar a
existência do Holocausto, que descreve como “uma lenda”. São justamente
essas alegações negacionistas que levam a historiadora americana Deborah
Lipstadt a descrevê-lo, em seu aclamado livro Denying the Holocaust, de
1993, como “um dos mais perigosos porta-vozes do negacionismo do
Holocausto”.
Indignado, Irving decide abrir um processo por difamação
contra Lipstadt. Agora, a historiadora se vê obrigada a enfrentar, na
Inglaterra, uma batalha jurídica que não se restringe à reputação de
dois estudiosos, mas que diz respeito ao registro da própria História.
Amparada por uma competente equipe de defesa, Lipstadt inicia uma
minuciosa análise do trabalho de Irving para mostrar como, a partir de
uma postura ideológica, antissemita e racista, ele perverte documentos e
registros históricos com o objetivo de “absolver Hitler”.
Em
Negação, livro que deu origem ao filme homônimo com previsão de estreia
para março de 2017, Deborah Lipstadt narra os dias do julgamento em
Londres e revela o drama que foi ter de seguir o conselho de seus
advogados e ficar em silêncio enquanto seu objeto de estudo e seus
princípios eram desvirtuados diante de um tribunal e da imprensa de todo
o mundo.

Você também poderá gostar de

5 Comentários

  • Luíza Fried

    Gente, que vergonha de admitir que não conheço a história da Bela e a Fera. Estou ansiosa pelo filme que lança esse mês e ficou muito bonito esse livro com a capa do filme, eu gostei! Nunca li nenhum livro de cachorro mas sou fã dos filmes, esse do Boomer parece ser legal e fofinho como sempre… e a temática do livro Negação me interessou muito, um dos meus temas preferidos tendo em vista que tenho minha avó que veio pro Brasil fugir da Segunda Guerra.

    8 de março de 2017 às 02:15 Responder
  • Aichha Carolina Pereira

    Oi Krisna,
    Amo de paixão a Bela e a Fera, sempre foi minha história predileta. O filme então nem se fala, eu amo porque desde pequena me identificava muito com ela. Uma princesa de cabelo castanho que ama livros kkkk
    Com certeza vou comprar esse <3
    Beijos

    8 de março de 2017 às 11:31 Responder
  • Thaynara ribeiro

    Depois da capa de A bela e a fera não enxerguei mais nada kkkk Principalmente com a minha diva Emma Mione Watson na capa *_*

    10 de março de 2017 às 12:53 Responder
  • Girlene Viey

    Fiquei curiosa em conhecer Negação, porque Bela e a Fera sabemos mais
    o menos como é história porque fez parte da nossa infância

    Beijos

    12 de março de 2017 às 13:56 Responder
  • Ana Luisa Ricardo

    Wow, gostei da capa de A última mensagem de Hiroshima. Adoro histórias com pano de fundo histórico, com certeza vai para a minha lista.

    17 de março de 2017 às 13:58 Responder
  • Deixe uma resposta