Siga nossas redes:

Resenha – Irresistível (Trilogia da Lei 2)

Publicado em 11 de setembro de 2016
- Independente, Nacional, New Adult, Resenhas

LIVRO ESPECIALMENTE INDICADO PARA quem já leu Absoluto, primeiro livro da trilogia. Indicado para quem busca uma narrativa com protagonistas fortes e com uma história de vida cheia de cicatrizes. Leitura ideal para momentos em que buscamos uma narrativa que nos surpreenda e envolva, mas sem exigir demais durante a leitura.

Irresistível é o segundo livro da Trilogia da Lei, da autora M.S. Fayes, e ele conta a história de Fay e Alex, a mocinha que antes eu havia mencionado para vocês nessa resenha aqui. O que posso dizer é que, mais uma vez, a querida autora conseguiu me surpreender. Porém, a mocinha veio um pouco diferente do que eu imaginava.

Eu havia construído uma Fay em minha mente com base no que ela tinha exposto no primeiro livro, o que conta a história de Kate e Gabe. Com as cenas você pensa que Fay é uma mulher extremamente grossa, que está sempre pronta para dar uma boa surra naqueles que machucam as pessoas que ela ama. Imaginei ela como uma praticante assídua do boxe, algo mais forte…

Entretanto, o que eu achei nesse segundo livro foi uma personagem totalmente diferente da que eu havia construído, com os pequenos detalhes fornecidos no primeiro livro. Isso não impede que você leia os livros de maneira separadas, não há uma dependência entre a história dos personagens.

Mas, vamos ao que interessa, sim? A história de Fay é um pouco peculiar, a mocinha desde a sua adolescência foi marcada por um grande episódio que selaria sua vida. Mudando-a por completo. O que, de certo modo, faz com que ela se empenhe na faculdade de direito e a faça almejar a promotoria, o que de verdade é inspirador, uma mulher que luta pelos ofendidos e oprimidos. Não bastando em estudar para isso, dedica boa parte de sua vida a ajudar o próximo. Dona de uma beleza extraordinária interior, que transborda na exterior. Sempre encarando a
vida de um modo alegre, tocando a todos ao seu redor.

Fay também atua como voluntária em uma associação onde recebe menores infratores que estão dispostos a mudar de vida, e crianças que procuram algum refúgio. Ela atua na associação como professora, dando aulas de ballet. O que eu fiquei realmente sem entender… Não que isso seja algo ruim. Mas essa foi uma das coisas que eu fiquei me questionei, por que havia ocorrido essa mudança na essência da personagem, mas nada afetou o meu amor e devoção que acabei criando por ela, durante o decorrer da leitura.

Quando Fay decide ir para mais uma noite na boate, libertando o seu corpo de todo o stress e aliviando toda tensão da melhor maneira que sabe fazer, dançando, ela se surpreende quando um belo homem toma a atitude ousada de a acompanhar nessa aventura. Uma dança que antes parecia a libertação, se torna de criação de atração, sensualidade, o encontro de dois corpos ansiosos para se tornarem um.

O que a leva passar a noite com Alex… Ah! Alex! Meu viking! Este é nada mais que um dos belos e o mais promissor promotor do momento. Um homem centrado, sério e bastante comedido em suas atitudes. Que tem uma história forte de superação no seu passado, o que o trouxe até o lugar que ocupa hoje. Sempre bastante receoso no quesito do amor, e muitas vezes conhecido como o lobo solitário entre os seus amigos. Dono de uma beleza indescritível, posso abrir meu coração e confessar que passei horas no Pinterest procurando por um loiro de cabelos longos, olhos azuis e uma barba para poder dar forma à minha imaginação.

Mas, voltando a esse belo casal… Toda essa postura de querer distância de relacionamentos, de ter alguém ao seu lado, muda quando Fay e Alex passam uma noite juntos. As histórias que Fay sempre ouvira suas avó falar, das almas gêmeas, sobre o verdadeiro amor, começam a atormentar sua mente. Porém, Fay havia cometido um grande erro. Depois da noite que passaram juntos ela, seguindo seus instintos. e sabendo que jamais seria a mesma após aquela noite, reúne as suas coisas e sai o mais rápido possível do apartamento de Alex, tentando fugir dos sentimentos que brotaram após a noite de paixão e se perguntando se a sua avó poderia ter razão sobre tudo que havia contado para ela.

Arrependeu-se amargamente, pois o homem estava na sua da cabeça. E na sua impulsividade, sequer pegou o número ou seu nome completo, ficando apenas com as lembranças da noite memorável que passaram juntos. Mas, e quando ela precisa recorrer a Justiça, especificamente a Promotoria, para ajudar em um episódio em que vidas correm risco e encontra o viking dos seus sonhos? Uma incrível história de amor, onde uma pessoa está totalmente disposta a amar e a outra com medo de amar. As incertezas que atacam o nosso coração e mente quando nos jogamos nesse mundo. Corremos o risco de ser machucados ou extremamente felizes.

Dois corações se quebraram naquele exato instante, um por amar sem medo, o outro por ter medo de amar…

O que posso concluir é que a Fay tocou meu coração e me fez refletir sobre o medo que às vezes temos de nos envolver, de deixar uma pessoa entrar. Pois a vida passa, ela não espera você tomar as suas decisões. Então, se você está procurando um romance que vá mexer com suas estruturas aconselho a você a ler esse livro e afundar no mar do amor! A escritora conduz a história em terceira pessoa, possibilitando que você tenha uma maior visão dos personagens do que se passa na mente, sob a visão de cada um cada episódio ocorrido.


Livro: Irresistível (Trilogia da Lei 2)
Autora: M.S Fayes
Lançamento: 2015
Editora: Independente
Páginas: 249
Sinopse: Poderia haver algo que freasse a impetuosa Fay Williams? Aparentemente apenas um homem com pulso firme poderia domar aquele furacão em forma de mulher. Quando Fay e Alex se encontram pela primeira vez, faíscas voam para todos os lados, deixando marcas em ambos. Eles nunca poderiam esperar que suas carreiras acabariam se encontrando tão próximas. Ao invés de aliados, eles se viram oponentes na batalha travada entre seus desejos e seus corações. O único que podiam atestar afinal era que, o amor é simplesmente irresistível em toda a sua essência.

Você também poderá gostar de

Deixe uma resposta