Siga nossas redes:

Início de ano com dica de Filme + Livro

Publicado em 3 de janeiro de 2017
- Sem classificação

Escolhi,
não por acaso, assistir ao filme Clube de Leitura de Jane Austen. Para quem não
sabe o livro é um dos lançamentos da Editora Rocco, agora para o mês de
janeiro. Já está inclusive em pré-venda. 
Como ainda falta um pouco para ter meu exemplar em mãos, resolvi
assistir ao filme.

Preciso dizer que a obra conseguiu me prender do início ao fim. De maneira sutil (ou
não), vai nos mostrando através de exemplos e delírios sobre a obra de Austen
que devemos viver nossa vida, bem do nosso modo, que sufocos, perdas,
desilusões e sofrimento fazem parte, assim como fazem parte também o perdão, a
amizade, o recomeço, o encanto, o novo, a entrega. 
 Justamente
por isso gostaria de indicar esse filme agora no início do ano, para quem viu e
para quem ainda não conhece, essa é uma oportunidade maravilhosa para lembrar
que o recomeço pode acontecer a qualquer momento, basta querer. Que as
dificuldades estão presentes todos os dias, mas que os amigos estão aí e que
eles tornam sim as coisas mais fáceis (e divertidas). Que o amor acontece, em
qualquer idade, independente do tempo em que estamos à sua procura ou quando já
esquecemos que o temos bem ao lado.

Existe melhor maneira de começar o ano do que renovando a crença na esperança
de que as coisas acabam se ajeitando, de uma forma ou de outra, por um motivo
ou por outro?

Abaixo deixo o trailer, capa e sinopse das duas obras, filme e livro, respectivamente:

Hoje em
dia, o interior da Califórnia pode estar bem distante da regência inglesa, mas
algumas coisas nunca mudam. Nós continuamos um tanto preocupados com as
complexidades do casamento, da amizade, relacionamentos românticos, posição e
boas maneiras e muito mais assim como foi Jane Austen em meados de 1800. O Clube de Leitura de Jane Austen revela a vida de um grupo de amigas nos tempos de
hoje através do mordaz ponto de vista de sua heroína literária.

Seis membros do clube do livro, seis livros de Austen, seis histórias
entrelaçadas durante seis meses no moderno e ocupado cenário de Sacramento,
onde a cidade e o relaxado subúrbio encontram a beleza natural. Enquanto as
histórias contemporâneas nunca tenham sido parecidas com as de Austen, as cinco
personagens encontram semelhanças, prognósticos, sabedoria e conselhos sobre
suas próprias trajetórias em meio as tão amadas narrativas de Austen.
  

Cinco mulheres e um homem se reúnem para debater as
obras de Jane Austen na Califórnia do início dos anos 2000 e acabam
descobrindo, entre casamentos frustrados, arranjos sociais e afetivos, que suas
vivências não são assim tão diferentes das experimentadas por Emma ou outras
personagens da escritora britânica que tão bem descreveu a sociedade de sua
época, dois séculos atrás. No livro, que figurou na lista do mais vendidos do
The New York Times e deu origem ao filme homônimo estrelado por Kathy Baker e Emily
Blunt, a premiada escritora norte-americana Karen Joy Fowler disseca as
relações contemporâneas com acuidade, humor e ironia dignos da autora de
Orgulho e preconceito e outras obras que continuam fascinando leitores de todas
as idades. Uma homenagem a uma das maiores escritoras da língua inglesa e uma
deliciosa comédia de costumes dos nossos tempos.
 

Desejamos
uma feliz oportunidade de recomeçar para todos. Que a gente lembre que essa
oportunidade nos é dada todos os dias.
Beijo grande,
Leitoras
Inquietas

Você também poderá gostar de

15 Comentários

  • Lana Silva

    E a primeira vez que vejo falar desse livro, deve ser porque não me interesso muito pelos livros Jane, ou que seja relacionado a suas obras. Porém tenho muita curiosidade em saber mais sobre seus livros, porque quero ver se me interesso, e vejo que esse filme e uma boa oportunidade, por isso irei aproveitar as férias e assistir.

    3 de janeiro de 2017 às 16:06 Responder
  • Alison de Jesus

    Olá, a capa do livro é linda e a história ainda mais pois podemos conhecer um pouco mais das obras de Jane Austen. Beijos.

    4 de janeiro de 2017 às 21:11 Responder
  • Cristiane de Souza

    Olá…
    A capa desse livro é a coisa mais fofa… Um estilo clássico, mas que não pode faltar na estante… Ouvi falar desse filme há um tempo atrás, mas ainda não tive a oportunidade de assistir… As obras da Jane Austen são sensacionais… Espero poder ler esse livro em breve e também assistir ao filme…
    Beijinhos…

    4 de janeiro de 2017 às 22:59 Responder
  • Kris Soares

    Linda capa, e a história, parece ser tão linda quanto, nos dando tantas lições. Não sou muito de filmes, mas o livro já quero ler

    5 de janeiro de 2017 às 10:14 Responder
  • Gabi Theis

    Quem sabe seja mais um empurrãozinho para eu conhecer as obras dela rsrsrs nunca li, mas sempre (sempre mesmo) ouço falar de suas obras, nem as adaptações de cinema vi ainda dos livros dela 🙁 Na faculdade (faço Letras/Inglês) ela é bem indicada 🙂
    Bjos

    6 de janeiro de 2017 às 01:30 Responder
  • Mariana M...

    Eu ainda não li nada da Jane, parece surreal, eu sei. Já tentei diversas vezes, mas a leitura não me prende. Entretanto, eu achei a sinopse do filme maravilhosa! Eu vou assisti-lo e tentar mais uma vez com as obras dela.

    6 de janeiro de 2017 às 20:45 Responder
  • Gêmea Má

    Não vi esse filme, muito menos o livro, mas parecem beeeem legais! Principalmente pq eu amo a Austen, né!

    Vc já deve ter visto e lido, mas eu te recomendo Austenland, que eu acho que é maomenos a mesma coisa, no fundo ahahahaha

    bj
    Lá…E de volta outra vez

    7 de janeiro de 2017 às 02:28 Responder
  • Palavras e Notas

    Olá. É a primeira vez que ouço falar do livro e do filme, e, sendo bem sincero, apesar de você ter gostado e recomendado, não me chamou atenção :/

    Nunca li nada da Jane e nem da autora do livro, quem sabe futuramente? Mas valeu pela dica.

    Abs,

    – J.

    9 de janeiro de 2017 às 16:34 Responder
  • Adriana Holanda Tavares

    A capa ficou uma fofura só, e acredite eu estou tão ansiosa como você , para ter ideia é uma das minhas metas de leitura ler todas obras dessa maravilinda autora. falando nela você leu As memórias perdidas de Jane Austen? é muito amor!

    13 de janeiro de 2017 às 22:12 Responder
  • Rossana Batista

    Pode me crucificar mas eu até agora não li nada da Jane Austen, mas o motivo é que acabo de começar minha vida literária kkk Mas prometo que vou ler!
    Eu fiquei bem curiosa pra ver o filme e acho que vou ver antes de ler os livros dela.

    15 de janeiro de 2017 às 17:59 Responder
  • Pamela Liu

    EU ainda não li nada da Jane Austen nem vi nenhum filme sobre ela ou suas obras (#ShameOnMe eu sei) Mas pretendo ler Orgulho e Preconceito em breve.
    O Clube de Leitura de Jane Austen parece ser um livro bem interessante. Mas acho que veria o filme depois de ler o livro rs Achei a capa do livro bem bonitinha.
    Adorei a mensagem que o filme passa sobre recomeços e novas oportunidades de colocar a nossa vida nos eixos. Acho que é uma boa mensagem para o início de um novo ano.

    16 de janeiro de 2017 às 02:53 Responder
  • Roberta Moraes

    O filme é realmente uma boa dica. Acho que até bom para aqueles que não conhecem muito sobre a Jane Austen e pretendem começar a ler seus livros.
    A Jane Austen sabe como ninguém abordar temas tão tocantes que prendem o leitor do início ao fim da história.

    17 de janeiro de 2017 às 03:12 Responder
  • suzana cariri

    Oi!
    Quando vi esse livro logo fiquei bem interessante nele e adorei saber que tem um filme desse livro, quero muito ler e assistir, mas antes pretendo ler pelos menos mais uns dois livros da Jane Austen para poder acompanhar melhor essa historia !!

    28 de janeiro de 2017 às 02:02 Responder
  • Helen A.Z

    Não sabia que tinha filme,vi o trailer agora,já coloquei na minha lista pra não esquecer.
    Tem o Will do Hannibal XD

    29 de janeiro de 2017 às 17:25 Responder
  • Mayla Lima

    Sabia do lançamento do livro, mas não sabia da existência do filme. Gostei do enredo e você tem toda a razão, um ótimo filme para mostrar que sempre se deve ter esperança. Amei essa indicação, com certeza vou conferir.
    Abraço!
    A Arte de Escrever

    30 de janeiro de 2017 às 16:58 Responder
  • Deixe uma resposta