Siga nossas redes:

O que achei de – Goblin: The Lonely and Great God

Publicado em 6 de abril de 2017
- Sem classificação
 K-Drama: Goblin
| Título Original: 쓸쓸하고 찬란하神-도깨비 | Direção: Lee Eung Bok | Lançamento: 12/16 | Emissora: tvN | Episódios: 16

E aí pessoal, tudo bem
com vocês? Então, a dica de hoje não
é de um livro ou filme, e sim de um seriado coreano.  Quem acompanha nossa page sabe que sou louca
por esses dramas coreanos. Eles são curtinhos, mas extremamente viciantes! Geralmente
esses seriados são formados por apenas uma temporada, com o número de episódios
variando de 16 a 20, e justamente por possuir poucos episódios eles têm duração de 1h e alguns quebrados. Para quem nunca assistiu
a um drama coreano, mas está com vontade de arriscar em alguma coisa diferente,
preciso alertá-los quanto a uns detalhes.


Preparem-se  para episódios
recheados de drama, que provavelmente irão deixá-los sem dormir direito. Preparem-se
para dar adeus a vida social no período em que estiverem assistindo ao drama, e
estejam preparados para se pegarem arriscando no coreano com o passar dos episódios.
Depois de algumas séries vocês irão adicionar o coreano como uma segunda língua
no currículo. Bom, pelo menos vocês irão achar que sabem tudo da língua.
Fora tudo isso, vai
surgir também a vontade de guardar dinheiro para conhecer a Coreia. Comigo essa
vontade aparece toda vez que termino um drama, rsrs. Vocês vão pirar nas
coisinhas fofas de papelaria que provavelmente só encontrarão por lá…Ok,
pode ser que a gente encontre algumas dessas coisinhas na Daiso Japan também, rsrs.
Pronto, agora que todos
foram devidamente alertados, está na hora de falar um pouco sobre o último drama
que conquistou meu coração: Goblin – The Lonely
and Great God.

A série conta a história
de um homem que séculos atrás era considerado um grande guerreiro, mas que
para pagar por seus pecados foi transformado em Goblin, e agora terá que viver
durante toda a eternidade vendo todas as pessoas que ama morrerem. Porém,
existe um detalhe na maldição do Goblin, se ele encontrar sua noiva, apenas ela
poderá ver e tirar a espada incrustada no seu peito, quando isso acontecer ele
finalmente poderá morrer.
Mas o que acontece quando
a noiva aparece como uma garota anos mais nova que não faz nem ideia da
maldição que a circula, e o nosso Goblin e ela acabam completamente apaixonados
um pelo outro? Isso mesmo que você pensou! Rios de drama e, claro, como todo bom
seriado coreano, muitas risadas também!

Fazia muito tempo que não
assistia a um drama com uma pegada de fantasia, o Goblin foi tudo o que poderia
querer em drama com esse gênero, além do romance lindo entre os protagonistas.
Por falar nos
protagonistas, os atores escolhidos foram excelentes! Principalmente o Gong
Yoo, um ator que amo que interpretou bem demais, nosso Goblin solitário e incrível.
Quando ele ria dava vontade de rir junto, quando chorava também queria chorar
junto, e se ele fazia alguma estupidez queria está lá só para fazer essa
estupidez ao lado dele.
A noiva do Goblin, Ji Eun
Tak, foi interpretada por uma atriz que ainda não conhecia, mas que surpreendeu
por interpretar uma personagem tão sofrida, mas ao mesmo tempo tão forte e
meiga.
Porém, depois do nosso
protagonista queridinho, quem roubou a cena foi o Ceifador, que por anos tenta
coletar a vida da noiva do Goblin, e que ironicamente acaba indo morar com o próprio
Goblin. 

Apesar da tarefa horrível
do Ceifador, ele é um dos personagens mais engraçados ever! Ele e o Goblin
vivem se pegando como cão e gato, a interação entre eles acabou se tornando,
para mim, um dos momentos mais esperados nos episódios.
Além dos personagens
serem ótimos, da trama nos fisgar do começo ao fim, também somos presenteados
com cenários lindos e uma produção que encanta.
Então, se nunca
assistiram a nenhum drama coreano, talvez seja a hora de arriscar. Se já conhecem esse
mundo viciante, mas ainda não assistiram Goblin
– The Lonely and Great God
, por favor, não percam mais tempo e assistam um
dos melhores dramas de 2016. Ah, para assistir a todos
os episódios legendados basta acessar o DramaFever. 😉

Capa e sinopse:

Nos tempos antigos, Kim Shin era um general
invencível, mas o jovem rei tinha ciúmes de sua grandiosidade e o mata.
Kim Shin se torna um Dokkaebi (Goblin), sendo agora imortal. A princípio
ele pensa que isso é uma benção, mas logo descobre que na verdade é uma
maldição. Kim Shin tem esperado 900 anos por uma noiva que vai acabar
com a maldição.
Em uma noite, Kim Shin salva uma mulher grávida que estava destinada a
morrer. A bebê é chamada de Ji Eun Tak e quando ela completa 9 anos, sua
mãe morre. A menina vê fantasmas e conversa com eles constantemente.
Nos dias atuais, Eun Tak é uma estudante do ensino médio, e escuta dos
fantasmas que ela é a noiva do Goblin. Enquanto isso, Kim Shin conhece
um Ceifador e coincidentemente acabam morando na mesma casa.

Você também poderá gostar de

12 Comentários

  • Alessandra Fernandes

    Gabi, eu até então não conhecia esses dramas coreanos, e gostei do que você nos apresentou hoje. Goblin – The Lonely and Great God parece ser uma série encantadora, não só pelo romance e drama, mas pela fantasia que também faz parte. Achei bem diferente a maldição do personagem que a história nos traz.
    Mesmo conhecendo pouco sobre a Coréia, eu também acho super fofinhos essas coisinhas de papelaria que muitas vezes aparecem por aí.
    Quero procurar a série para assistir também.
    Bjos!

    6 de abril de 2017 às 17:16 Responder
  • Lili Aragão

    Oi Gabi, tenho visto tantos posts indicando doramas ultimamente que já vi que tenho que assistir, pois só vejo elogios e é um post melhor que outro. Gostei dessa história de Goblin e gostei que o Dorama, não tem só drama, mas tem cenas engraçadas também e tem muito romance, acho que vou gostar, me viciar e acabar querendo falar coreano também kkkk 🙂

    6 de abril de 2017 às 18:03 Responder
  • Ludyanne Carvalho

    Não sou fã de seriado, mas o seu texto é tão empolgante que fiquei super curiosa para conhecer esse universo; ainda mais um seriado coreano.
    Coisas de papelaria… amoooo!
    Adorei o post.

    6 de abril de 2017 às 18:32 Responder
  • Caroline Garcia

    Vejo que esses coreanos estão super em alta hoje né?
    Tanto em relação a séries, como na parte musical também.
    Confesso que não me atraem muito. Mas quem sabe não acabe dando uma oportunidade de conhecer melhor esse mundinho?
    Achei bem interessante a história do seriado e sua opinião é bem animadora 🙂
    Beijos,
    Caroline Garcia

    6 de abril de 2017 às 20:19 Responder
  • Cristiane Dornelas

    Já tinha visto um pessoal falando de coisa do gênero e achei até interessante a ideia de ver porque não parece muito longo. Seria mais fácil pra mim. Mas esse não conhecia. Gostei do tom de fantasia na história, esse negócio da maldição parece muito bom e cheio de drama! Fica bem interessante de ver e ele parece fofo também, com um romance bem gostoso e momentos engraçados. Parece legal.
    Gostei dessa dica e acho que iria adorar se assistisse. Mas o difícil é arrumar tempo. Estou com tanta série querendo ver e não conseguindo :S

    6 de abril de 2017 às 21:35 Responder
  • Leonora Oliveira

    Eu não conhecia este seriado coreano. Ouço muitas músicas passando nos rádios e vejo o quando as pessoas gostam do gênero, mas não tinha conhecimento sobre os seriados.
    Goblin – The Lonely and Great God tem tudo o que me instiga a procurar para ver; romance, fantasia e momentos divertidos misturado com um belo drama. Tenho a certeza de que vou amar a enredo.
    Beijos!

    6 de abril de 2017 às 23:10 Responder
  • Marlene Conceição

    Oi Gabi.
    Eu não sou muito fã de drama não, ainda mais dramas coreanos, mas me vi completamente cativada pelo que descreveu e acho que não poderia deixar de conferir, o fato de que eles se apaixonam deve deixar tudo bem mais complicado, adoro essa pegada sobrenatural.
    Bjs.

    10 de abril de 2017 às 17:24 Responder
  • Aichha Carolina Pereira

    Oi Gabi
    Nunca assisti dramas coreanos. Achei maravilhoso a ideia de ser apenas uma temporada. Apesar de episódios mais longos dá um dinamismo mais para série. Também curti que mistura elementos de drama e comédia.
    Beijos

    11 de abril de 2017 às 13:28 Responder
  • Priscila Tavares

    Oi Gabi, tudo bem?
    Apesar de nunca ter assistido seriado coreano, te entendo perfeitamente quando você diz que vamos pensar que manjamos sobre a língua deles. Passei grande parte da adolescência ouvindo bandas coreanas e amava eles. Vou procurar essa série, mas só vou assistir nas férias, já que estou prevendo um novo vício pela frente haha.
    Beijokas
    Quanto Mais Livros Melhor

    16 de abril de 2017 às 23:48 Responder
  • Leituras da Ketellyn

    Oi, nunca assisti a nenhum seriado coreano, mas tenho vontade pois acho que irei gostar, adorei essa dica e já anotei aqui para procurar para assistir.

    30 de abril de 2017 às 00:01 Responder
  • suzana cariri

    Oi!
    Faço parte da turma que nunca viu um seriado coreano, mas lendo esse post fiquei muito interessada e curiosa para poder finalmente conhecer os seriado coreano, a historia me prendeu e me deixou curiosa para assistir, também gostei de mesmo sendo uma historia bem dramática ainda temos aquele humor na historia, quero ver o trailer para ver se realmente gosto !!

    1 de maio de 2017 às 17:37 Responder
  • Kris Soares

    Nunca li nada nesse estilo, e adorei a dica, além do drama e humor que você mencionou parece também ser um romance muito fofo.

    1 de maio de 2017 às 23:52 Responder
  • Deixe uma resposta