Siga nossas redes:

O que achei de Girlboss

Publicado em 6 de maio de 2017
- Adaptação, Netflix, Séries

SÉRIE ESPECIALMENTE INDICADA PARA quem gosta de histórias inspiradas em fatos reais, para quem curte um estilo mais cômico, irônico e bem estiloso. Ideal para assistir quando estamos em busca de algo mais leve e despretensioso, e que pode ser ao mesmo tempo divertido e inspirador.

Se você ainda não assistiu nenhum episódio ou nem mesmo ouviu falar da série Girlboss, se prepare! Minha indicação de hoje acaba de fazer seu final de semana mais divertido e estiloso!

Esta é uma série original da Netflix, que não teve tanta divulgação assim nas redes, mas que no momento que entrou no streaming conquistou milhares de fãs. Fora os leitores do livro. Pois é, a série é baseada no livro Girlboss, uma biografia de Sophia Amoruso, que em seus 22 anos, depois de pular entre empregos, o que convenhamos é meio típico nessa idade, tem a fantástica ideia de criar uma loja online no eBay, o Nasty Gal.

A série se passa na época que essas lojas online no eBay faziam um tremendo sucesso nos EUA, apesar ser algo recente. A ideia da Sophia é simples, pegar aquelas roupas com um toque vintage, que de vez em quando achamos no brechó, e dar um ar mais jovial e estiloso às peças, e daí então revendê-las online com um preço mais alto. Assim começa sua jornada no mundo dos negócios, quer dizer negócios não, a Sophia considera mais uma paixão, um hobby que lhe dá dinheiro e um seguro de saúde necessário.

Sophia é interpretada pela atriz Britt Robertson, que encarna uma personagem bocuda, mal-humorada e algumas vezes egoísta, mas audaciosa e para lá de estilosa. Aquela personagem que fala o quer na lata, não está nem aí para as consequências, bem debochada e que tem atitudes bem inesperadas. Adoro o jeito da Sophie, às vezes é meio inspirador, mas às vezes é apenas imaturo, e me fez perder a paciência em alguns momentos.

É engraçado assistir ao desenvolvimento da personagem, alguém que nunca quis ter qualquer responsabilidade na vida acaba se vendo dona de um negócio lucrativo, e que mesmo não querendo precisa assumir responsabilidades sobre ele. A série mostra justamente esse crescimento da personagem, sua luta para alcançar seus objetivos, mesmo com seu tipo personalidade orgulhosa, passar para a fase adulta, mas ainda manter seu espírito livre.

Li uma crítica que diz que a série não soube retratar o empoderamento feminino, mas pessoalmente acho que Girlboss tem sim uma boa dose desse tal empoderamento. Afinal, empoderamento feminino é feito apenas de conquistas? Não é importante mostrar que antes de alcançar seus objetivos por si mesma, existe muita luta e perseverança pelo caminho? Não é sobre isso o empoeiramento feminino? Que tudo bem fracassar, mas melhor ainda é quando você consegue dar a volta por cima com méritos próprios? Acho que sim. Fora isso o que mais amei na série foi o figurino. Ai meu Deus, sou louca por figurinos de qualquer que seja a produção, amo de paixão essa parte. O figurino dos anos 80 de Girlboss, apesar dos acontecimentos se passarem em 2006, me deixaram salivando e querendo todos!

Amo customizar roupas, pegar aquela peça antiga e transformar em algo novo e inspirador, que me faça olhar no espelho e pensar “Nossa, como estou maravilhosa”, rsrs. Acho demais conseguir ter confiança em si mesma e ousar em algo que nem todo mundo curte no momento, mas que você se sente maravilhosa vestindo, ou calçando. Roupa exerce essa magia, pelo menos em mim, de além de me transformar em alguém com personalidade e audaciosa, penso que faz com que as pessoas ao meu redor me enxerguem como alguém confiante, ou só sem noção mesmo, dependendo do estilo da pessoa, rsrs. Bom, isso é o que digo a mim mesma quando visto aquela roupa que sei que algumas pessoas vão entortar o nariz, mas que me faz sentir tão bem e descolada que não sinto vontade de mudar por ninguém.

Creio que esse foi um dos motivos pelo qual a série teve um apelo tão grande em mim, o fato da protagonista ser quem ela é e pronto. Sem ligar para opinião de terceiros sobre seu jeito de viver a vida e conseguir manter seu estilo próprio. É isso gente, Girlboss é uma série maravilhosa, com um cenário lindo, mostrando uma São Francisco bem colorida e hipster, além de contar com uma trilha sonora ótima! Que é a cara da Sophia. Espero que gostem da indicação e curtam esse final de semana dando boas risadas com a peripécias da Sophia.

 


Série: Girlboss
Produção: Kay Cannon
Distribuição: Netflix
Temporada: 1ª (Série Cancelada)
Duração: 13 episódios com 30 min cada
Disponível em: Netflix
Sinopse: Baseado na trajetória de Sophia Amoruso, uma jovem batalhadora que começou a vida vendendo roupas antigas no eBay e hoje, aos 27 anos, tem uma marca multimilionária baseada em Los Angeles.

Você também poderá gostar de

11 Comentários

  • Lili Aragão

    Oi Gabi, vi o primeiro episódio dessa série, mas confesso que não terminei muito empolgada e ainda não vi os próximos. No entanto depois do teu post e de já ter visto ela sendo indicada em outros lugares, tô pensando em continuar e ver se acabo gostando. Acho muito interessante a ideia de transformar um hobby em algo que renda dinheiro, acho que o sonho de todo mundo receber pra fazer algo que ame 🙂

    6 de maio de 2017 às 16:32 Responder
  • Caroline Garcia

    Confesso que não é uma história que faz muito meu estilo.
    Também não curto muito o trabalho da atriz, a principal, sabe!?
    Tenho muitas série pra assistir, algumas super atrasadas, mas anotei a dica. Quem sabe mais frente não assista?
    Beijos,
    Caroline Garcia

    6 de maio de 2017 às 19:54 Responder
  • Cristiane Dornelas

    Minha irmã viu essa série e adorou. Me indicou pra assistir, mas confesso que estou até o pescoço de série atrasada e ela não faz muito meu estilo. Vou deixar mais pra frente…
    De toda forma queria ver, ela parece ser bem divertida mesmo e gostei da garota, ela tem uma personalidade forte e destemida e achei interessante todo esse assunto de roupas da história ^^

    6 de maio de 2017 às 22:04 Responder
  • Herica Lima

    Ainda não vi a série e nem li o livro, mas achei a sinopse dela bem legal. No momento estou estudando muito para ver série, mas ela já está na minha lista.
    Quero muito conhecer essa história. Pois ela parece ser divertida <3

    7 de maio de 2017 às 00:56 Responder
  • Mariana Paiva

    Eu estava até com vontade de assistir série porque além de adorar uma série divertida, eu gosto do trabalho da Britt. Pórem, estava conversando com uma amiga e ela disse que a personagem é bem mal-humorada, como você disse e chata e isso acabou me desanimando um pouco porque eu gosto de sentir aquele "amorzinho" pelos personagens desde o começo.
    Como não sou muito ligada a moda, resolvi que vou vê-la em outro momento. Agora uma coisa eu assino embaixo, sou igual a você. Me visto como me sinto bem e quem quiser olhar torto que olhe.

    7 de maio de 2017 às 20:25 Responder
  • Isabela Carvalho

    Olá Gabi 😉
    Ainda não assisti nem li o livro, mas certamente será a próxima série que vou começar!
    Vi algumas pessoas falando dessa questão do empoderamento, mas ainda quero assistir e ter minha própria opinião!
    Obrigada pela crítica ótima 🙂

    7 de maio de 2017 às 23:30 Responder
  • Lana Silva

    Já tinha ouvido falar nessa nova série, porém ainda não sabia qual era o conteúdo abordado, e pela sua descrição irei gostar bastante. Amo essa coisa de loja online, sempre passo horas olhando para ver e conhecer novas marcas e coisas diferentes. Além de trazer a questão do empoderamento, o que me chamou ainda mais a atenção.

    8 de maio de 2017 às 11:10 Responder
  • Aichha Carolina Pereira

    Oi Gabriella,
    Já tinha ouvido falar do livro porém não sabia da existência da série. Com certeza os figurinos são um show a parte. Adorei a dica e com certeza assistirei.
    Beijos

    9 de maio de 2017 às 11:48 Responder
  • Priscila Tavares

    Oi Gabriella!
    Você é a segunda pessoa que vejo falando dessa série. Ainda não assisti mas já adicionei na minha lista da Netflix para assistir quando entrar de férias na faculdade. Acho que vou gostar haha Nunca li o livro. Quem sabe se eu gostar da série, acabo lendo depois né.
    Beijokas
    Quanto Mais Livros Melhor

    14 de maio de 2017 às 03:07 Responder
  • Leituras da Ketellyn

    Oi, esses dias eu vi um blogueira falando sobre essa serie, mas apesar de eu amar series essa não chamou a minha atenção, mas talvez eu assisti o primeiro episodio para ver se eu gosto.

    20 de maio de 2017 às 01:59 Responder
  • suzana cariri

    Oi!
    Estou vendo muitos comentários positivos sobre essa serie o que me deixou bem curiosa para poder assistir, achei bem interessante toda a historia da Sophia principalmente por ela ter um sonho, uma ideia e corre atras, estou bem curiosa para poder assistir e conhecer essa jornada dela !!

    28 de maio de 2017 às 17:22 Responder
  • Deixe uma resposta