Siga nossas redes:

Fantasia

Resenha – Strange the Dreamer

LIVRO ESPECIALMENTE INDICADO PARA amantes da fantasia, mas que gostam de uma pitada de romance. Para os sonhadores e para aqueles que gostam de se aventurar em mundos novos e diferentes, cheios de emoção, aventura e conflitos emocionais. Para quem gosta de personagens fortes e sonhadores, heróis que não são perfeitos e vilões que não são o que parecem ser. Para ler em momentos que uma narrativa complexa e emocionante se faz necessária.

Continue Lendo

Resenha – Além da Magia

Publicado em 13 de dezembro de 2017
- Editoras, Fantasia, Universo dos Livros

LIVRO ESPECIALMENTE INDICADO a leitores que querem ser surpreendidos por doçura e leveza e renovação num mundo (e em livros) em que há muito sangue, desolação e tristeza. Além da Magia é para se ler sozinho, com os filhos, os primos, para adultos e crianças, para negros e brancos e amarelos e para qualquer crença. Recomendado para quem quer uma brisa de ar fresco e deseja se apaixonar por histórias simples, mas cheias de significados.

Cor é, por definição, a impressão produzida no olho pela luz, segundo a sua própria natureza ou a maneira pela qual se difunde nos objetos. É a aparência dos corpos segundo o modo como refletem ou absorvem a luz. Cor é o que enxergamos e como enxergamos, dependendo de quanta luz é espalhada e de como deixamos que ela nos afete. Continue Lendo

Para Ficar de Olho – Illuminae

Publicado em 25 de setembro de 2017
- Em Inglês, Fantasia, Ficção Científica, Para ficar de olho, Resenhas

LIVRO ESPECIALMENTE INDICADO àqueles que gostam de universos futuristas e ficção científica com uma boa dose de humor, suspense, romance e emoções afloradas. É uma leitura perfeita para qualquer momento: é extremamente viciante, fluida e tem uma edição de arrasar; é o primeiro volume de uma trilogia com dois livros já lançados, portanto, é uma ótima recomendação para os amantes dessas sequências.

Humanidade.

Humanidade é, segundo o dicionário, a natureza humana e o conjunto de características que são particulares a essa forma de ser. Raiva, amor, tristeza, inveja, alegria, crueldade – tudo isso faz parte do que e de quem somos. É benevolência, uma forma bondosa de tratar aos outros e, por fim, é a reunião de todos os seres humanos – o que, numericamente falando, é aproximadamente seis bilhões de pessoas. Os sinônimos sugeridos para humanidade são clemência, compaixão, mundo e beneficência. Os antônimos? Malevolência e inumanidade.

Continue Lendo

Resenha – A Traidora do Trono

Publicado em 18 de setembro de 2017
- Fantasia, Resenhas, Seguinte

LIVRO ESPECIALMENTE INDICADO PARA quem ama fantasias ricas e de criaturas místicas que se mostram excepcionalmente humanas. Para ler naqueles momentos em que queremos uma leitura diferente e viciante, perfeita para as ditas (e terríveis) ressacas literárias. Necessário já ter lido A Rebelde do Deserto (é possível conferir a resenha dele aqui)

Você já se afogou alguma vez?

Afogar-se é, resumida e literalmente, asfixiar-se em qualquer líquido. É mergulhar, embeber, afundar-se em algo. Há também o sentido figurado, que com o verbo nós buscamos fazer-nos esquecer, procuramos desaparecer, perdemo-nos em pensamentos e expressamos nosso fracasso: nos afogamos em bebida para de algum modo desafogar a tristeza, afogamo-nos em divagações e morremos afogados num copo d’água.

Continue Lendo